Breaking

Humanidade | Gerações Mutantes | A Evolução.

  A evolução do mundo se dá á passos largos apresentando mudanças significativas em sua geografia, o meio ambiente totalmente alterado, os habitat destruídos e as espécies sendo obrigadas a se adaptarem ao clima e a novos habitats. O ser humano também evoluiu e a humanidade vem sofrendo mutações a cada década e de forma cada vez mais acentuada. Não só a forma de pensar, de agir, mas principalmente de interação entre humanos mudou. O homem vive hoje é sombra da intolerância, cultivando vícios e alimentando ostentações que estão lhe arrastando ás ruínas. Não existe o senso comum para a preservação de espécies, conservação do planeta e manutenção da bio-adversidade, tendo as instituições não governamentais que travar lutas incessantes contra iniciativas privadas, muitas vezes apoiadas por órgãos governamentais.
  Mas este aspecto ambiental não é o único problema que a evolução humana vem atravessando. O maior mal humano, sem dúvida é a informação, conteúdo que serve de alimento principal á mente e que é uma exclusividade do homem. É o chamado raciocínio, fator que nos diferencia das outras espécies e que sem ele não passamos de meros animais semelhante a qualquer outro. O grande paradoxo que negativamente divide águas nesta questão da evolução é que por incrível que pareça, estamos andando de costas no processo evolutivo. Aqueles que não se incluem nas engrenagens deste processo vivem no mundo como Dinossauros, seres Jurássicos que aos olhos dos modernistas, são chamados de caretas. Voltando ao assunto informação é fácil perceber como ela exerce um enorme poder de influência nas decisões humanas e com isso consegue alterar toda a sua cadeia evolutiva, principalmente quando todo o poder destas decisões converge á uma só nação e consequentemente a um só homem.
  Ainda há outra questão importante e delicada á respeito da evolução e esta talvez seja uma das peças chaves para a justificativa das mutações sofridas pelos humanos, são as mídias. São elas que diariamente, a cada instante trazem informações e alimentam as mentes formadas e mal formadas do Homo Sapiens. São os grandes influenciadores de opinião que torcem e distorcem tudo que veiculam e desta forma acabam gerando influência nas crianças e adolescentes que ingerem estas informações. A passos de formiga, mas com pisadas eficazes e poderosas, a mídia vai modelando mentes segundo o seu interesse e construindo gerações de zumbis. Mundialmente, se observarmos veremos que a política definitivamente se revelou e descobriu o manto que resguardava os interesses daqueles que deveriam representar social e politicamente seus espécimes. 
  Já não se trata de analisarmos e reconhecermos uma ameaça de conflito, mas de percebermos que a raça humana está correndo o risco de extermínio pelas mãos dos seus próprios líderes. Nesta equação é evidente que um general não está focado nas baixas de uma batalha, mas na vitória. Quem contabiliza e lamenta as perdas são aqueles que sofrem as baixas, só que neste caso trata-se da velha máxima: "Destruir a humanidade e governar quem?" Infelizmente nossas ruas mostram esta realidade e no Brasil, País que inflava e batia no peito carregado de orgulho dizendo que não possuía guerras, falta o reconhecimento de que nas grandes metrópoles estas guerras já existem e o Estado está perdendo importantes batalhas enquanto seus cidadãos perdem a vida. Lamentável é o fato de sermos uma Nação onde abundam os discursos e faltam as ações. Nos resumimos ás notas oficiais e aos discursos televisivos de que tudo está bem e sob controle, mas cuja realidade é sabida pelos populares que é bem diferente das oratórias políticas.
  Afirmar que evoluímos é uma verdade, mas foi de fato uma evolução negativa, onde os Continentes estão sendo banhados com o sangue de inocentes por conta das decisões de meia-dúzias de gravatas. Nossas gerações estão sendo submetidas aos sonhos do poder, do dinheiro e das riquezas, sexo fácil, liberdade ilimitada e acesso livre a tudo que possam desejar, mas a conta deste grave problema social não será paga nesta geração, mas nas futuras gerações mutantes. Mudamos os conceitos de família, ética, moral e respeito, esquecemos o que seja cidadania e deixamos para traz aquilo que tratava do bem comum para vivermos o sonho individual da Califórnia, onde o sol ficou para todos, mas a sombra apenas para quem tem poder.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
...................................................................................................................................................

    Humanity | Mutant Generations | The evolution.

  The evolution of the world is taking strides with significant changes in its geography, the environment totally changed, the habitats destroyed and the species being forced to adapt to the climate and new habitats. The human being has also evolved and humanity has undergone mutations every decade and more and more accentuated. Not only the way of thinking, of acting, but mainly of interaction between humans has changed. Man lives today is a shadow of intolerance, cultivating vices and feeding glimpses that are dragging him to the ruins. There is no common sense for the preservation of species, conservation of the planet and maintenance of bio-adversity, and nongovernmental institutions have to fight incessantly against private initiatives, often supported by government agencies.
  But this environmental aspect is not the only problem that human evolution has been going through. The greatest human evil, undoubtedly is information, content that serves as the main food to the mind and that is an exclusivity of man. It is the so-called reasoning, a factor that sets us apart from other species and that without it we are no more than mere animals like any other. The great paradox that negatively divides waters in this issue of evolution is that incredible as it may seem, we are walking backwards in the evolutionary process. Those who are not included in the gears of this process live in the world as dinosaurs, Jurassic beings that in the eyes of the modernists, are called masks. Returning to the subject of information, it is easy to see how it exerts an enormous power of influence in human decisions and thereby can alter its entire evolutionary chain, especially when all the power of these decisions converges to one nation and consequently to one man.
  There is yet another important and delicate question about evolution and this is perhaps one of the key pieces for the justification of the mutations suffered by humans, it is the media. They are the ones who daily, at every moment, bring information and nourish the formed and ill-formed minds of Homo Sapiens. They are the great influencers of opinion that twist and distort everything they convey and in this way end up generating influence in the children and adolescents who ingest this information. Ant's footsteps, but with effective and powerful footprints, the media will shape minds according to their interest and build generations of zombies. Worldwide, if we observe, we will see that politics has definitely revealed itself and discovered the mantle that protected the interests of those who should socially and politically represent their specimens.
  It is no longer a matter of analyzing and recognizing a threat of conflict, but of realizing that the human race is at risk of extermination at the hands of its own leaders. In this equation it is evident that a general is not focused on the casualties of a battle, but on the victory. Those who account and mourn the losses are those who suffer the casualties, but in this case it is the old maxim: "Destroy humanity and rule whom?" Unfortunately our streets show this reality and in Brazil, a country that inflated and beat in the chest loaded with pride saying that it had no wars, lack recognition that in the great metropolis these wars already exist and the state is losing important battles while its citizens lose the life. It is unfortunate that we are a Nation where discourses abound and actions fail. We are summarizing the official notes and the televised speeches that everything is well and under control, but whose reality is known by the popular that it is very different from the political oratory.
  To say that we have evolved is a truth, but it was indeed a negative development, where the Continents are being bathed in the blood of innocents because of the decisions of half-dozen neckties. Our generations are being subjected to the dreams of power, money and riches, easy sex, unlimited freedom and free access to anything they may desire, but the account of this serious social problem will not be paid in this generation, but in future mutant generations. We change the concepts of family, ethics, morals and respect, forget what is citizenship and leave behind what was about the common good to live the individual dream of California, where the sun stayed for all, but the shadow only for those who have power .

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and acquisition of your publications, access THIS LINK

......................................................................................................................................................

   Humanidad | Generaciones Mutantes | La Evolución.

  La evolución del mundo se da a pasos agigables presentando cambios significativos en su geografía, el medio ambiente totalmente alterado, los hábitat destruidos y las especies siendo obligadas a adaptarse al clima ya nuevos hábitats. El ser humano también evolucionó y la humanidad viene sufriendo mutaciones cada década y de forma cada vez más acentuada. No sólo la forma de pensar, de actuar, sino principalmente de interacción entre humanos ha cambiado. El hombre vive hoy es sombra de la intolerancia, cultivando vicios y alimentando ostentaciones que le están arrastrando a las ruinas. No existe el sentido común para la preservación de especies, la conservación del planeta y el mantenimiento de la bio-adversidad, teniendo las instituciones no gubernamentales que traben luchas incesantes contra iniciativas privadas, muchas veces apoyadas por organismos gubernamentales.
  Pero este aspecto ambiental no es el único problema que la evolución humana viene atravesando. El mayor mal humano, sin duda, es la información, contenido que sirve de alimento principal a la mente y que es una exclusividad del hombre. Es el llamado raciocinio, factor que nos diferencia de las otras especies y que sin él no pasamos de meros animales semejante a cualquier otro. La gran paradoja que negativamente divide aguas en esta cuestión de la evolución es que por increíble que parezca, estamos caminando de espaldas en el proceso evolutivo. Aquellos que no se incluyen en los engranajes de este proceso viven en el mundo como Dinosaurios, seres Jurásicos que a los ojos de los modernistas, son llamados caretas. Volviendo al asunto información es fácil percibir cómo ejerce un enorme poder de influencia en las decisiones humanas y con eso logra alterar toda su cadena evolutiva, principalmente cuando todo el poder de estas decisiones converge a una sola nación y consecuentemente a un solo hombre.
  Todavía hay otra cuestión importante y delicada respecto a la evolución y esta quizás sea una de las piezas claves para la justificación de las mutaciones sufridas por los humanos, son los medios. Son ellas que diariamente, a cada instante traen informaciones y alimentan las mentes formadas y mal formadas del Homo Sapiens. Son los grandes influyentes de opinión que tuercen y distorsionan todo lo que vehiculan y de esta forma acaban generando influencia en los niños y adolescentes que ingeren estas informaciones. A pasos de hormiga, pero con pisadas eficaces y poderosas, los medios van modelando mentes según su interés y construyendo generaciones de zombis. En todo el mundo, si observamos ver que la política definitivamente se reveló y descubrió el manto que resguardaba los intereses de aquellos que deberían representar social y políticamente sus especímenes.
  Ya no se trata de analizar y reconocer una amenaza de conflicto, sino de percibir que la raza humana está corriendo el riesgo de exterminio por las manos de sus propios líderes. En esta ecuación es evidente que un general no está enfocado en las bajas de una batalla, sino en la victoria. Quien contabiliza y lamenta las pérdidas son aquellos que sufren las bajas, sólo que en este caso se trata de la vieja máxima: "Destruir a la humanidad y gobernar a quién?" Desafortunadamente nuestras calles muestran esta realidad y en Brasil, país que inflaba y golpeaba en el pecho cargado de orgullo diciendo que no poseía guerras, falta el reconocimiento de que en las grandes metrópolis estas guerras ya existen y el Estado está perdiendo importantes batallas mientras sus ciudadanos pierden la vida vida. Lamentable es el hecho de ser una nación donde abundan los discursos y faltan las acciones. Nos resumimos a las notas oficiales ya los discursos televisivos de que todo está bien y bajo control, pero cuya realidad es sabida por los populares que es muy diferente de las oraciones políticas.
  Afirmar que evolucionamos es una verdad, pero fue de hecho una evolución negativa, donde los continentes están siendo bañados con la sangre de inocentes por cuenta de las decisiones de media docenas de corbatas. Nuestras generaciones están siendo sometidas a los sueños del poder, del dinero y de las riquezas, sexo fácil, libertad ilimitada y acceso libre a todo lo que puedan desear, pero la cuenta de este grave problema social no será pagada en esta generación, sino en las futuras generaciones mutantes. En el momento en que el sol se quedó para todos, pero la sombra sólo para quien tiene poder, el cambio de los conceptos de familia, ética, moral y respeto, olvidamos lo que es ciudadanía y dejamos para traer lo que trataba del bien común para vivir el sueño individual de California, donde el sol se quedó para todos, .

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK

Seguidores do Google

Matéria de Hoje

Crônica | Como Assim Brasil?

  Viver no Brasil é fácil,  o País é lindo, povo alegre apesar dos motivos para tristeza, muitas praias, sol, enfim é o lugar, mas difí...

Outras Páginas do Autor

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.