Breaking

Cultura | As Tradições e a Arte de um Povo

 

A Cultura é uma daquelas palavras cujo conceito é infinitamente menor que suas definições, tamanha a abrangência que podemos encontrar através dela. As ações que envolvem o conhecimento, as crenças, as tradições e costumes de um povo são a sua cultura.  O conjunto destas ações formam a riqueza cultural do mundo e dão origem ás suas memórias.  É possível afirmarmos que todas as ações humanas relevantes que traduzem algum costume, crença ou conhecimento geram capítulos da História do homem.  Dentro deste conceito de que nos construímos a cultura que temos, vale frisar que nem toda cultura é boa, assim como em um campo com boa terra não nascem apenas boas plantações, mas as ruins se misturam e também brotam e crescem ali. 


  No mundo inteiro as culturas se diversificam, cada povo com suas tradições, suas arte, suas crenças e ao longo dos anos novas formas vão sendo acrescentadas ás existentes ou mesmo algumas tradições vão sendo esquecidas e substituídas para dar lugar ao moderno.  A África é um dos Continentes de maior riqueza e tradições culturais e também pode ser visto como aquele que mais preserva sua cultura. A Arte deste povo, fortemente influenciada por suas crenças, origina riquezas incalculáveis e memórias preciosas ao mundo. Hoje é impossível dizer que um solo tenha sido tocado por um africano e não tenha sido positivamente influenciado pelas suas tradições.

  Se observarmos atentamente poderemos perceber que a África é diferente em tudo. Nos seus indígenas, nos seus rituais, nas suas crenças, nas suas misturas de cores e tudo isto exerce grande influência mundial.  O mundo capitalista enxerga a África como um Continente pobre e vê desta forma porque a visão capitalista só tem olhos para o poder financeiro, mas para quem tem olhos para a cultura, é perfeitamente saudável afirmar que hoje a África é um dos continentes culturalmente mais ricos do planeta. Infelizmente faz parte da cultura do capitalismo explorar as riquezas e menosprezar as culturas.

  O Brasil é um País miscigenado não só racialmente, mas também culturalmente e a maior parte das influências que a nossa cultura sofre vem do povo africano. Nossa história é impregnada das ações deste povo e deles nós herdamos parte da nossa culinária, música, dança, crenças e tradições, sem falar na miscigenação da nossa raça.  Hoje eu me atrevo a dizer que como brasileiros, nós somos muito africanos. Nenhuma outra cultura tem tanta raiz no povo brasileiro quanto a cultura africana, isto é fato. Manter culturas e tradições é uma ação importante para um povo e o Brasil precisa aprender a fazer isso de forma correta e os nossos irmãos africanos nos dão lições perfeitas de como fazer isso.

   Quanto ás tradições o Brasil ainda é um País que confunde a inutilidade dos modismos com tradição, inclui a nocividade nos seus costumes e batiza como Arte e copia costumes para transformá-los em vulgaridades. Para termos uma memória forte e consistente é preciso respeitarmos as culturas que temos com a consciência de que elas formarão a nossa memória para futuras gerações. Escolher sementes antes de plantá-las é a certeza de que teremos bons frutos, mas não adianta semearmos sementes ruins batizando-as de Arte e Cultura porque seus frutos não mudarão pelo nome que dermos. É preciso criar bons costumes e produzir boas culturas para termos uma memória que dignifique o nosso povo.


Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
..........................................................................................................................................

      Culture | The Traditions and the Art of a People


   Culture is one of those words whose concept is infinitely less than its definitions, such a comprehensiveness that we can find through it. The actions that involve the knowledge, beliefs, traditions and customs of a people are their culture. All these actions form the cultural wealth of the world and give rise to their memories. It is possible to affirm that all the relevant human actions that translate some custom, belief or knowledge generate chapters of the History of the man. Within this concept that we build the culture we have, it is worth stressing that not every culture is good, just as in a field with good land not only good plantations are born, but the bad ones are mixed and also sprout and grow there.

  Throughout the world cultures are diversified, each people with their traditions, their art, their beliefs and over the years new forms are being added to existing ones or even some traditions are being forgotten and replaced to make room for the modern. Africa is one of the Continents of greatest wealth and cultural traditions and can also be seen as the one that most preserves its culture. The art of this people, strongly influenced by their beliefs, gives rise to incalculable riches and precious memories to the world. Today it is impossible to say that a soil has been touched by an African and has not been positively influenced by its traditions.

  If we look closely we can see that Africa is different at all. In their natives, in their rituals, in their beliefs, in their mixtures of colors and all this exerts great influence worldwide. The capitalist world sees Africa as a poor continent and sees this way because the capitalist vision has only eyes for financial power, but for those who have eyes for culture, it is perfectly healthy to say that today Africa is one of the culturally richer continents Of the planet. Unfortunately, it is part of the culture of capitalism to exploit riches and disparage cultures.

  Brazil is a country mixed not only racially but also culturally and most of the influences our culture suffers come from the African people. Our history is impregnated with the actions of this people and from them we inherit part of our cuisine, music, dance, beliefs and traditions, not to mention the miscegenation of our race. Today I dare say that as Brazilians, we are very African. No other culture has as much root in the Brazilian people as the African culture, that is fact. Maintaining cultures and traditions is an important action for a people and Brazil needs to learn how to do it in the right way and our African brothers give us perfect lessons on how to do it.

   As for the traditions, Brazil is still a country that confuses the uselessness of idioms with tradition, includes the harmfulness in its customs and baptizes as Art and copies customs to turn them into vulgarities. In order to have a strong and consistent memory one must respect the cultures we have with the awareness that they will shape our memory for future generations. Choosing seeds before planting them is sure that we will have good fruits, but it is no use sowing bad seeds baptizing them of Art and Culture because their fruits will not change by the name that we give. It is necessary to create good customs and produce good cultures in order to have a memory that dignifies our people.

Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. ......................................

     Cultura | Tradiciones y arte de un pueblo

   La cultura es una de esas palabras cuyo concepto es infinitamente más pequeño que su configuración, el punto de que podemos encontrar a través de él. Las acciones relacionadas con el conocimiento, las creencias, tradiciones y costumbres de un pueblo es su cultura. Todas estas acciones forman la riqueza cultural del mundo y llevan sus recuerdos. Es posible afirmar que todas las acciones humanas pertinentes que se traducen alguna costumbre, creencia o conocimiento generan capítulos de la historia humana. Dentro de este concepto que hemos construido la cultura que tenemos, vale la pena mencionar que no todo el aprendizaje es bueno, y en un campo con un buen suelo no nacen sólo buenas cosechas, pero la mala mezcla y también germinar y crecer allí.

  culturas de todo el mundo se diversifican, cada pueblo con sus tradiciones, su arte, sus creencias y con los años se están añadiendo nuevas formas de existentes o incluso algunas tradiciones están siendo olvidados y reemplazados para dar paso a la moderna. África es uno de los continentes de mayor riqueza y las tradiciones culturales y también puede ser visto como una que preserva su cultura. El arte de la gente, fuertemente influenciado por sus creencias, da riquezas incalculables y recuerdos preciosos para el mundo. Hoy en día es imposible decir que un suelo ha sido tocado por un africano y no ha sido influenciada positivamente por sus tradiciones.

  Si nos fijamos bien podemos ver que África es diferente a todos. En sus indios, en sus rituales en sus creencias, sus mezclas de colores y todo esto tiene una gran influencia en todo el mundo. El mundo capitalista ve a África como un continente pobre y ver de esta manera porque la visión capitalista sólo tiene ojos para el poder financiero, pero para aquellos que tienen ojos para la cultura, es perfectamente sano decir que hoy África es uno de los continentes más ricos, culturalmente el planeta. Desafortunadamente parte de la cultura del capitalismo explotar la riqueza y menospreciar las culturas.

  Brasil es un país no sólo se cruzaron racial, sino también cultural y lo más influye en nuestra cultura sufre proviene de los africanos. Nuestra historia está llena de acciones de este pueblo, y de ellos hemos heredado parte de nuestra cocina, música, danza, creencias y tradiciones, por no mencionar el mestizaje de nuestra raza. Hoy me atrevo a decir que a medida que los brasileños, estamos muy africano. Ninguna otra cultura tiene tantas raíces en el pueblo brasileño sobre la cultura africana, esto es un hecho. Mantenga las culturas y tradiciones es una acción importante para un pueblo y Brasil tiene que aprender a hacerlo correctamente y con nuestros hermanos africanos darnos lecciones perfectas en cómo hacer esto.

   En cuanto a las tradiciones Brasil sigue siendo un país que confunde a la inutilidad de modas con la tradición, la nocividad incluye en sus costumbres y la bautiza como arte y copia costumbres para convertirlos en la vulgaridad. Para tener una memoria fuerte y consistente es preciso respetar las culturas que tenemos con el conocimiento de que van a formar nuestra memoria para las generaciones futuras. Elija semillas antes de plantarlas está seguro de que vamos a tener buenos resultados, pero no dice sembrar semillas de mala bautizándolos Arte y cultura, ya que sus frutos no va a cambiar el nombre que damos. Tenemos que crear buenos hábitos y producir buenas cosechas para tener una memoria que dignifica nuestra gente.

Escritor de texto y autor Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, la reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasivo las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE


Seguidores do Google

Matéria de Hoje

Opinião | Por que Pecamos?

  Não há nenhuma dúvida de que esta é a pergunta para a qual muitas pessoas gostariam de ter a resposta. O fato é que não homem sem peca...

Outras Páginas do Autor

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.