Breaking

Internet | Redes Sociais | Experiências Frustrantes.

  E quem nunca se frustrou com as redes sociais? Acredito que todos que usam a internet já tiveram seus momentos de mágoa, de decepção e frustração.  Os interesses nas redes sociais variam de acordo com as pessoas e conforme vão variando, também o que nos frustra varia. Eu particularmente logo de início criei o Projeto Roda Cultural e de acordo com os meus objetivos, iria divulgar gratuitamente pequenos artistas, falar de artes e de cultura. Imaginei: Ora, que artista não vai gostar de ser divulgado gratuitamente? No começo tive grandes dificuldades e imaginei que fosse por causa do alcance dos sites que ainda era pequeno. Segui tentando divulgar artistas locais e as dificuldades continuavam. Mesmo depois que o alcance dos sites explodiu, ainda assim as pessoas se mantinham apáticas. Foi a hora em que tive a resposta para a minha pergunta inicial: Sim existem pessoas que não querem a divulgação gratuita, mesmo por que elas acreditam nas mídias do rádio e da televisão, mas não da internet.
  A minha maior dificuldade em lidar com os artistas era na hora de coletar material para divulgar. Enquanto eu imaginava que a divulgação por ser gratuita iria ser mais fácil, enganei-me. Muitos não enviavam o material e mesmo já tendo pronto em seus perfis, pediam que eu fosse buscá-lo lá. Não havia um entendimento de que o material promocional deveria ser inédito e que aquilo que eu estava me propondo a fazer, fazia parte do trabalho destas pessoas e era feito sem cobrança em dinheiro. Sempre que buscava um artista e solicitava o material, ele respondi quando tinha tempo, ou seja, parecia que eu fazia algo apenas do meu interesse e que iria somar apenas para mim. A resposta era algo do tipo: Você quer? Pega lá no perfil.
  Este tipo de experiência foi e é muito frustrante não só para mim, mas para qualquer pessoa, principalmente para produtores de conteúdo. Diante deste quadro comecei a mudar radicalmente minhas ações nas páginas. Exclui várias páginas de blogs relacionadas a artistas por falta de participação e envolvimento da parte deles. Decidi então pelo respeito a eles, desta forma passei a não mais insistir no pedido de material e desativei as páginas afim de evitar mais frustrações. Uma outra experiência frustrante que tenho é com as pessoas chamadas "amigas" e o público que visita os sites e blogs. Por mais que tente formar uma interação entre nós, ela não acontece com a maioria. É óbvio que temos um público cativo, mas quando se trata de amizades no Facebook, as pessoas se resumem a chamar-me de amigos, mas não se dispõem a ler os blogs e sites porque não saem da rede social por nada.
  Tais pessoas então fazem comentários sobre matérias que nunca leram, apenas visualizaram o título em uma divulgação feita na rede social. Muitas vezes a pessoa foi homenageada na matéria, mas não leu porque não visita a página e por esta razão não agradeceu. Apenas fez um comentário elogiando algo que de fato nunca viu. Ora, ninguém é obrigado a ler o que não deseja ou fazer o que não quer, mas porque mentir e fingir que adorou aquilo que nem viu? É frustrante para quem espera interagir mais com as pessoas e acredita que elas também pensem da mesma forma. Amizades em redes sociais são frágeis e relativas, quanto á produção de conteúdo e interação, isto sempre será um ponto frustrante.


Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 
Saiba mais do autor NESTE LINK
.............................................................................................................

   Internet | Social Networking | Frustrating Experiences.


  And who has never been frustrated with social networks? I believe that everyone who uses the internet has had their moments of hurt, disappointment and frustration. Interests on social networks vary according to people and as they vary, so what frustrates us varies. I started the Cultural Wheel Project very early on and, according to my goals, I would give small artists free of charge, talk about arts and culture. I imagined: Well, what artist will not like to be released for free? At first I had great difficulties and imagined it was because of the reach of the sites that I was still small. I kept trying to spread local artists and the difficulties continued. Even after the reach of the sites exploded, people were still apathetic. It was the time when I had the answer to my initial question: Yes there are people who do not want free advertising, even if they believe in the radio and television media, but not the internet.
  My greatest difficulty in dealing with artists was when it was time to collect material to spread. While I imagined disclosure being free would be easier, I was wrong. Many did not send the material and even having already ready in their profiles, they asked me to pick it up there. There was no understanding that the promotional material should be unpublished and that what I was proposing to do was part of the work of these people and was done without charge. Whenever I was looking for an artist and asking for the material, he answered when I had time, that is, it seemed that I was doing something only of my interest and that it would only add to me. The answer was something like: Do you want it? Pick up the profile.
  This type of experience was and is very frustrating not only for me but for anyone, especially for content producers. Before this picture I began to radically change my actions in the pages. Excludes multiple blog pages related to artists for lack of participation and involvement on their part. I decided to respect them, so I no longer insisted on the material request and turned off the pages in order to avoid further frustration. Another frustrating experience I have is with people called "friends" and the public who visits the websites and blogs. As much as it tries to form an interaction between us, it does not happen with the majority. Obviously we have a captive audience, but when it comes to Facebook friendships, people sum up calling me friends, but they do not read blogs and websites because they do not leave the social network for nothing.
  These people then comment on stories they have never read, only viewed the title in a social networking site. Many times the person was honored in the matter, but did not read because he did not visit the page and for this reason did not thank him. He just made a comment praising something he had never actually seen. Now no one is obliged to read what he does not want or do what he does not want, but why lie and pretend to worship what he has not seen? It is frustrating for those who expect to interact more with people and believe that they also think the same way. Friendships in social networks are fragile and relative, as for content production and interaction, this will always be a frustrating point.

Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.
Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. 

   Internet | Las redes sociales | experiencias frustrantes.

  Y que nunca se frustró con las redes sociales? Creo que todos los que utilizan Internet han tenido sus momentos de dolor, la decepción y la frustración. Los intereses en las redes sociales varían según las personas y como se varía también lo que nos frustra varía. Yo sobre todo al principio creó el Proyecto Cultural de la rueda y de acuerdo con mis objetivos, revelaría artistas pequeños libres, hablar de las artes y la cultura. Me preguntaba: ¿Por qué, ese artista no le va a gustar para ser lanzado de forma gratuita? Al principio tuve un tiempo duro y pensé que era debido a la distancia de los sitios que aún era pequeña. Seguido tratando de difundir artistas locales y las dificultades continua. Incluso después de la consecución de los sitios de despiece, siendo personas permanecían apáticos. Fue el momento en el que tuve la respuesta a mi pregunta original: Si hay personas que no quieren que la publicidad gratuita, incluso porque creen en los medios de comunicación de radio y televisión, pero no internet.
  Mi mayor dificultad en el trato con los artistas era el momento de recoger el material para la liberación. Mientras que imaginaba que la divulgación de estar libre sería más fácil, yo estaba equivocado. Muchos no enviar el material y ni siquiera tener ya listo en sus perfiles, que me pidió que ir a buscarlo allí. Hubo un entendimiento de que el material promocional debe ser inéditos y que lo que me proponía hacer parte del trabajo de estas personas y se hizo sin cobrar dinero. Buscando siempre un artista y pidió el material, dijo cuando tenía tiempo, o se sentía como si estuviera haciendo algo sólo mi interés y me gustaría añadir sólo para mí. La respuesta fue algo así como: ¿Quieres? Recoge allí en el perfil.
  Este tipo de experiencia ha sido y es muy frustrante no sólo para mí, sino para cualquier persona, especialmente para los productores de contenidos. Teniendo en cuenta esta situación comenzó a cambiar radicalmente mis acciones en las páginas. Excluye varias páginas de blogs relacionados con artistas de la falta de participación e implicación por parte de ellos. Decidí respetar ellos, así que empecé a insistir ya no está en el material de aplicación y se desactivan las páginas con el fin de evitar nuevas frustraciones. Otra experiencia frustrante que tengo es con las personas llamadas "amigos" y el público que visita sitios web y blogs. Desde hace más de tratar de formar una interacción entre nosotros, esto no sucede a la mayoría. Es obvio que tenemos un público cautivo, pero cuando se trata de amigos en Facebook, la gente viene a mí llamar a sus amigos, pero no están dispuestos a leer los blogs y sitios web, ya que no salen de la red social para cualquier cosa.
  Tales personas a continuación, hacer comentarios sobre cuestiones que nunca han leído solamente vistos el título en una revelación hecha en la red social. A menudo, la persona fue honrado en la materia, pero no leyó porque no visitar la página y por lo tanto no dieron las gracias. Acaba de hacer un comentario alabar algo que en realidad nunca visto. Ahora, nadie está obligado a leer lo que no quieren o no quieren, pero ¿por qué mentir y fingir que amaba lo que ni siquiera vio? Es frustrante para los que esperan interactuar más con la gente y cree que también piensan de la misma manera. Amigos en las redes sociales son frágiles y relativa, en cuanto a la producción de contenidos y la interacción, esto siempre será un punto frustrante.

Escritor de texto y autor Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, la reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasivo las sanciones legales aplicables.
Más información este autor ENLACE

Seguidores do Google

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Busque por Tag

# Mulher #103FM #2016 #2017 #8DeMarço #Acidente #Acordeon #Admiração #Adolecentes #Adolescentes #Adversidades #Afogamento #África #Agressão #Aguiar #Ajuda #Alegria #Alimentação #Alimentos #Alma #Amar #Amarela #Amarguras #América #Americano #Amigas #amigos #amizade #Amor #Análise #Android #Angel #Aniversário #Anonimato #Antigos #Antivírus #Apartheid #Aplicativo #Apocalipse #Apoio #App #Aracaju #Arantes #Arte #Artes #Artista #Artistas #Assalto #Assaltos #Assédio #Astros #Atitudes #Atividades #Ator #Ator #José Mayer #Atores #Atriz #Atrizes #Aumentar #Aurea #AutoAjuda #Autoconfiança #Autoestima #Avião #Aviso #Baixa #Base #BBB17 #Beans #Bebida #BeerHouse #Bem #Benção #Benefícios #Bíblia #BigBrother #Bigo #Bigo Live #BigoLive #Blog #Blogger #Bloggers #Blogoferas #Blogueiro #BlogUpp #Brandão #Brasil #Brasileiro #Brazilian #Buscador #Café #Campo #Canção #Câncer #Cantora #CargaTributária #Carinho #Carla #Casal #Casamento #Casanova #Catástrofe #cavalo #Celebridades #Celular #Celulares #Chang #Chapecoense #Chicungunya #Chocolate #Ciberbullying #Cidadania #Cidadão #Cinéfilo #Cinema #Cleyton #Clima #Climatério #CmB #Cohen #comer #Comércio #Comida #como #Comportamento #Compositora #Compra #Compras #Comunicado #Conceito #Amor #Confiança #Confissões #Construções #Conto #Contra #Convivência #Copa Sul Americana #Coragem #Corpo #Corrente #Costumes #Cozinha #Crescimento #Criança #Crianças #Crimes #Criminalidade #Crise #Crônica #Cuidados #Culinária #Cultura #Culturais #Cultural #Curiosidades #Cuscuz #Danger #Debora #Decepções #Decisões #Defesa #Dengue #Denúncia #Depressão #Desaparecido #Descrição #Desempenho #Deus #Dia #DiaDaMulher #DiaDosNamorados #Dicas #Direitos #Discriminação #Discurso #Dispositivos #distinção #Divagações #Doações #Doença #DomingosMontagner #Dor #Dores #Drauzio #Dúvida #E-book #Ecologia #Ecossistema #Educação #Educar #Emilly #Emma #Encontrar #ENEM #Enquete #Entrelinhas #Entrevista #Epidemia #Equilíbrio #Escolha #Escolhas #Escrita #Escritor #Especial #Espécie #Esperança #Estilo #Estréia #Estrutura #Estupro #Ética #Evangelho #Evento #Existência #Experiências #Extinção #Fabia #Fala #Falhas #Fama #Família #Famosos #Fashion #Fato #Fatos #Fé #Febre #Feijões #Felix #Fenômenos #Fênomenos #Figueiredo #Figurinista #Filho #Filhos #Filmes #Firewall #Flime #Food #Força #França #Franco #Freitas #Futebol #GACC #Generosidade #Giácomo #Globalização #Globo #Google #Gordas #Gordinha #Gospel #Graça #Gravidez #Grécia #Gripe #Guilherme #Hallelluja #Harry #Higienização #Hipócrates #Histórias #Hollywood #Homem #Homenagem #HomoSapiens #HongKong #Humanas #Humanidade #Humano #Humor #Hurricanes #Idade #Idosos #Igrejas #Igualdade #Impostos #Indícios #Indonésia #Infância #Infantil #Infidelidade #Influência #Informática #Informe #Injúria #Instagram #Interior #Internacional #Internet #IntolerânciaReligiosa #Investigação #Investigador #Ito #Jackie #JackieChang #James #Julho #Jventude #Kurnia #Laura #LauraAguiar #LavaJato #Legendários #Legião #Legislação #Leitora #Leitura #Lembranças #Lento #Leonard #Letícia #Letra #Liberdade #Limpeza #Linda #Literatura #Live #Livro #Lógica #Maduros #Mãe #Malhação #Mana #Mar #Marcas #Marcos #Martinez #Matérias #Matrimônio #Maturidade #Mecanismos #Medicina #Meditação #Medo #meio-ambiente #Melhores #Melhorias #Mendonça #Menino #Menopausa #Mensagem #Mensagens #Mente #Mentiras #Meteorologia #Milton #Mineira #Miriam #Moda #Model #Monetização #Moral #Morango #Moreno #Morte #Mudanças #Mudos #Mulher #Mulheres #mundo #Musa #Music #Musica #Música #Música #Pais #Nadja #Namorados #Namoro #Não #Nascimento #Natal #Natureza #Negativa #Negócios #Negros #NetLenta #Nickolly #Niver #Nordeste #Nordestino #Notoriedade #Novas #Novidades #Nutrição #Ocidente #Online #Operação #opinião #OqueÉ #Oratória #Orientações #Oriental #Oriente #Orla #Oscar #OutubroRosa #Paixão #Palavra #PapelSocial #Parada #Parceiros #Parcerias #Partidos #Partners #Partnerships #Pautas #Paz #Pena #PenaDeMorte #Penal #Pensamento #Pensamentos #Perdão #Perguntas #Perigo #Pernambuco #Pesquisa #Pesquisar #Planeta #PlusSize #Poder #Poema #Poesia #Poeta #Poetisa #Política #Políticos #PopStar #Potter #Praia #Pre-Venda #preço #Preconceito #Pregnancy #Prêmio #Presentes #Prevenção #Primitiva #Prisão #Problemas #Produtos #Programa #Projeto #Promoção #Prosa #Prova #Provas #Pública #Público #Qualidade #Queda #QuemFoi #Questionário #Raça #Racional #Racismo #Radio #Raízes #Razões #Real #Realidade #Reality #Receita #Recordações #Rede #Rede Globo #RedeMóvel #RedeRecord #Redes #RedeSocial #Reflexão #Relacionamento #Relações #Religião #Requisitos #Respeito #Responsabilidade #Respostas #Ricardo #Riquezas #Riscos #RJ #Roda #Romance #Roupas #RS #Rural #Saiba Mais #Samuel L Jackson #Sander #Santos #Saudades #saúde #Saudosismo #Seca #Segredinhos #Seguidores #Segurança #Selma #Ser #Sergipe #Seriados #Sertanejo #Sertão #Serviços #SétimaArte #Significado #Simpatia #Sintomas #Smartphone #Smartphones #sobre #Sociabilidade #Social #Socialização #Sociedade #Sofrimento #Solange #Sólida #Solidão #Solidariedade #Sólido #Sonhos #Storms #Streaming #SuBanda #Sugestões #SuperStar #Susllem Tonani #Suspeito #Tammy #Tatiane #Tempestade #Tempestades #Tempo #TerceiraIdade #Terra #Texto #Thaii #Thainá #TheBesrFriend #Theodoro #Tijolos #Tony #Top #Top10 #Top6 #Tornados #Tornar #Tradição #Tradições #Traição #Tristeza #Tristezas #Tróia #trojan #Trombetas #Trovões #Tsunami #Twister #União #Urbana #User #Uso #Usuário #Valentia #Valentine'sDay #valores #Varella #Velhice #Velho #VelhoChico #Velhos #VelhosTempos #Vencê-las #Vendas #Verão #Verdade #Versos #Vestuário #Vicentina #vida #Video #Vídeo #Violência #Virose #Virtual #Vírus #Visitantes #Viva #Viver #Viviane #Votação #Vulneráveis #Web #Youtubbers #Youtube #Zona a chave do meu peito nas mãos da saudade Aguiar Alerta amei uma mulher como se fosse um anjo Amor Ana Apresentador ardendo de paixão Arte Atriz Bigo Live Blogueiro Brazil's Poet Business Caráter chamas do amor Choro da Liberdade Cidade Computadores conto coração de pedra Cultura Cultural Debate Definição Delírio e gozo desejos de uma loba Devaneios DiaDasMães Dica Dinheiro Ele Emma Kurnia esporte este cara sou eu Feliz é quem ama fla flamengo Florzinha Fortaleza fuga das paixões Gotas de amor Indonésia Jakarta Julius Caesar Justiça Kids Laura Literatura Literature loba lua cúmplice Luz Mães Malhação Marcelo Martelo Melhor mengão Mineira morrendo de amor nação rubro-negra Nascimento Nina um anjo de sonhos O poeta e a feira de artes o poeta e a loba o que é ser grande o vento e as pessoas opinião Ostentação Petição Poder Poem poema lobo solitário ll poema Sonata da desolação poema ursinho de pelúcia Poemas Poesia poesia dor amiga Poesia Fel da solidão Poesia Flor encantada poesia o lobo e a loba poesia pequei contra ti poesia rosa minha Poesias Poet of Sergipe Poet Tony Casanova Poeta sergipano Tony Casanova Poeta Tony Casanova Poetry Porto Seguro Presente Profissão Projeto Qualidades Reconhecimento Record Revelação Rezende Riquezas Roda Roda Cultural saudade como ela é Ser imortal Ser mãe Sobre Sobrenatural sonhos de um bebê texto uma cartinha para minha mãe Tony Casanova Top Model Um brinde a nós dois Verses Versos