Música Brasileira | Cantor Paulinho da Viola | O Mestre.

  Seu nome é Paulo César Batista de Faria, carioca nascido em 1942 e ele alcançou uma época em que o cenário musical brasileiro viveu o seu auge, mas o jovem Paulo não quis apenas observar a banda passar e deu sua enorme e significativa parcela de contribuição para a memória cultural do nosso País. Talvez você não lembre deste nome tão comum, mas estou certo de que você lembra sim do nosso Paulinho da Viola, o célebre com suas letras e melodias de altíssimo bom gosto e de uma profundidade genial. Mestre em sua arte, Paulinho tem um extenso histórico de sucesso em sua carreira e lançou vários discos em carreira solo e fez diversos trabalhos com participações.

  Com uma carreira marcante de sucesso como cantor e compositor que o tornaram célebre, Paulinho da Viola teve parcerias ilustres como Cartola, Elton Medeiros e Candeia, mas estas são apenas algumas das suas muitas proezas artísticas. Seu gênero de origem, o samba, estava vivendo seu momento máximo e o cantor estava inserido nesta ascensão.  Com uma extensa discografia, ele demonstra seu empenho e dedicação em fazer aquilo que sempre amou: a Música. Tocado até hoje, Paulinho com 75 anos de idade deve sentir uma profunda satisfação de dever cumprido e mais que isso, de ter participado da história da música brasileira com honra e louvor.  Eu não poderia dizer que ele é o maior nome da música brasileira, mas não deixarei de afirmar que seja um dos maiores.  

  Para homenagear este grande mestre da música nacional e revivermos um pouquinho do que ele deixou como memória musical nesta sua imensa discografia, deixo abaixo a letra de uma canção marcante e que vale a pena relembrarmos e caso você deseje ouvir a música acesse ESTE LINK.

"Pecado Capital"
Paulinho da Viola

Dinheiro na mão é vendaval
É vendaval!
Na vida de um sonhador
De um sonhador!
Quanta gente aí se engana
E cai da cama
Com toda a ilusão que sonhou
E a grandeza se desfaz
Quando a solidão é mais
Alguém já falou...

Mas é preciso viver
E viver
Não é brincadeira não
Quando o jeito é se virar
Cada um trata de si
Irmão desconhece irmão
E aí!
Dinheiro na mão é vendaval
Dinheiro na mão é solução
E solidão!
Dinheiro na mão é vendaval
Dinheiro na mão é solução
E solidão!

Dinheiro na mão é vendaval
É vendaval!
Na vida de um sonhador
De um sonhador!
Quanta gente aí se engana
E cai da cama
Com toda a ilusão que sonhou
E a grandeza se desfaz
Quando a solidão é mais
Alguém já falou...

Mas é preciso viver
E viver
Não é brincadeira não
Quando o jeito é se virar
Cada um trata de si
Irmão desconhece irmão
E aí!
Dinheiro na mão é vendaval
Dinheiro na mão é solução
E solidão!
Dinheiro na mão é vendaval
Dinheiro na mão é solução
E solidão!
E solidão! E solidão!
E solidão! E solidão!
E solidão! E solidão!

Fontes de pesquisas: Sites Wikipédia(Discografia), Vagalume(Letra) e Youtube (Vídeo).

 ***Homenagem do Projeto Roda Cultural e Tony Casanova.  Para saber mais sobre Tony Casanova acesse ESTE LINK
..........................................................................................................................................

Brazilian Music | Singer Paulinho da Viola | The master.

 His name is Paulo César Batista de Faria, born in Rio de Janeiro in 1942 and he reached a time when the Brazilian musical scene lived its peak, but the young Paulo not only wanted to watch the band pass and gave his huge and significant contribution to the cultural memory of our country. You may not remember this common name, but I'm sure you remember our Paulinho da Viola, the famous one with its lyrics and melodies of very good taste and great depth. Master in his art, Paulinho has an extensive history of success in his career and has released several albums in solo career and did several works with participations.

  With a remarkable career of success as a singer and composer that made him famous, Paulinho da Viola had illustrious partnerships such as Cartola, Elton Medeiros and Candeia, but these are just some of his many artistic prowess. His genre of origin, the samba, was experiencing its peak moment and the singer was inserted in this ascent. With an extensive discography, he demonstrates his commitment and dedication in doing what he has always loved: Music. Touched today, Paulinho at 75 years of age must feel a deep satisfaction of accomplishment and more than that, to have participated in the history of Brazilian music with honor and praise. I could not say that he is the biggest name of Brazilian music, but I will say that he is one of the greatest.

  To honor this great master of national music and to revive a little of what he left as a musical memory in his immense discography, I leave below the lyrics of a remarkable song and that is worth remembering and in case you want to listen to the music, access THIS LINK.

"Capital sin"
Paulinho da Viola

Money in the hand is gale
It's gale!
In the life of a dreamer
From a dreamer!
How many people there are wrong
And fall out of bed
With all the illusion you dreamed of
And greatness falls apart
When loneliness is more
Has anyone spoken ...

But we must live
And live
It's no joke, no.
When the way is to turn around
Each one deals with itself
Brother does not know brother
What's up!
Money in the hand is gale
Money in the hand is solution
And solitude!
Money in the hand is gale
Money in the hand is solution
And solitude!

Money in the hand is gale
It's gale!
In the life of a dreamer
From a dreamer!
How many people there are wrong
And fall out of bed
With all the illusion you dreamed of
And greatness falls apart
When loneliness is more
Has anyone spoken ...

But we must live
And live
It's no joke, no.
When the way is to turn around
Each one deals with itself
Brother does not know brother
What's up!
Money in the hand is gale
Money in the hand is solution
And solitude!
Money in the hand is gale
Money in the hand is solution
And solitude!
And solitude! And solitude!
And solitude! And solitude!
And solitude! And solitude!

Sources of research: Sites Wikipedia (Discography), Vagalume (Letra) and Youtube (Video).

 *** Tribute to the Cultural Wheel Project and Tony Casanova. To know more about Tony Casanova go to THIS LINK
..........................................................................................................................................

Música | Los Simpsons | El maestro.

 Su nombre es Paulo César Batista de Faria, carioca nacido en 1942 y él alcanzó una época en que el escenario musical brasileño vivió su auge, pero el joven Paulo no quiso apenas observar la banda pasar y dio su enorme y significativa parte de contribución para la memoria cultural de nuestro país. Tal vez usted no recuerde este nombre tan común, pero estoy seguro de que usted recuerda sí de nuestro Paulinho da Viola, el célebre con sus letras y melodías de altísimo buen gusto y de una profundidad genial. Maestro en su arte, Paulinho tiene un extenso historial de éxito en su carrera y lanzó varios discos en carrera solista e hizo diversos trabajos con participaciones.

  Con una carrera marcada de éxito como cantante y compositor que lo hicieron célebre, Paulinho da Viola tuvo alianzas ilustres como Cartola, Elton Medeiros y Candeia, pero éstas son sólo algunas de sus muchas proezas artísticas. Su género de origen, el samba, estaba viviendo su momento máximo y el cantante estaba inserto en esta ascensión. Con una extensa discografía, él demuestra su empeño y dedicación en hacer lo que siempre amó: la Música. Tocó hasta hoy, Paulinho con 75 años de edad debe sentir una profunda satisfacción de deber cumplido y más que eso, de haber participado en la historia de la música brasileña con honor y alabanza. Yo no podría decir que él es el nombre más grande de la música brasileña, pero no dejaré de afirmar que sea uno de los mayores.

  Para homenajear a este gran maestro de la música nacional y revivir un poquito de lo que dejó como memoria musical en su inmensa discografía, dejo abajo la letra de una canción marcante y que vale la pena recordar y si usted desea oír la música accede a ESTE LINK.

"Pecado Capital"
Paulinho de Viola

El dinero en la mano es vendaval
¡Es vendaval!
En la vida de un soñador
¡De un soñador!
Cuánta gente se engaña
Y se cae de la cama
Con toda la ilusión que soñó
Y la grandeza se deshace
Cuando la soledad es más
Alguien ha hablado ...

Pero hay que vivir
Y vivir
No es broma no
Cuando la manera es girar
Cada uno se trata de sí mismo
Hermano desconoce hermano
¡Y ahí!
El dinero en la mano es vendaval
Dinero en la mano es solución
¡Y soledad!
El dinero en la mano es vendaval
Dinero en la mano es solución
¡Y soledad!

El dinero en la mano es vendaval
¡Es vendaval!
En la vida de un soñador
¡De un soñador!
Cuánta gente se engaña
Y se cae de la cama
Con toda la ilusión que soñó
Y la grandeza se deshace
Cuando la soledad es más
Alguien ha hablado ...

Pero hay que vivir
Y vivir
No es broma no
Cuando la manera es girar
Cada uno se trata de sí mismo
Hermano desconoce hermano
¡Y ahí!
El dinero en la mano es vendaval
Dinero en la mano es solución
¡Y soledad!
El dinero en la mano es vendaval
Dinero en la mano es solución
¡Y soledad!
¡Y soledad! ¡Y soledad!
¡Y soledad! ¡Y soledad!
¡Y soledad! ¡Y soledad!

Fuentes de investigación: Sitios Wikipedia (Discografía), Vagalume (Letra) y Youtube (Video).

 *** Homenaje del Proyecto Rueda Cultural y Tony Casanova. Para saber más sobre Tony Casanova accede a ESTE LINK  
 

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Estamos no Twitter

publicidade