Reflexão | Comportamento | Aprendendo a Plantar na Vida.

  A vida não é só colheita, mas também é cultivo e aquilo que plantamos determinará o que iremos colher.  Hoje a nossa primeira matéria trará este tema que envolve a vida, seus frutos e aquilo que colhemos. Eu te peço que aprecie esta leitura devagar, que pense com carinho no que será exposto aqui.  Ao contrário do que pensamos, aquilo que colhemos da vida não surge do nada, vem das consequências do que nós semeamos e a depender das nossas escolhas poderemos ter em nossa colheita frutos bons e doces ou frutos bastante amargos, só depende de nós decidirmos pelas sementes corretas. Logo abaixo demonstrarei algumas importantes faces desta questão e a importância de escolhermos bem aquilo que semeamos. Continue lendo em Mais Informações....
  Talvez você não pense assim, tudo bem, mas tão ou mais importante do que colher é escolher o que plantamos, pois nesta escolha determinaremos os frutos que teremos.  Mas por que devemos nos preocupar em plantar se temos tanto a colher não é mesmo? Não! Os melhores frutos vem das melhores escolhas e as melhores escolhas são as melhores sementes, mas não é só isso, é preciso cumprirmos todo processo até a chegada dos frutos. Vejamos então quais os passos importantes para isso: 

  A ESCOLHA.

Este é o primeiro passo da vida para a obtenção de bons frutos. Precisamos escolher bem as sementes afim de sabermos quais serão seus frutos. A qualidade nesta etapa não está somente em saber o que se planta, mas principalmente onde se planta. Solo seco não produz, a semente não germina e se porventura algo cresça em um solo assim, certamente a árvore não dará frutos.

  O PLANTIO.

Segunda etapa da meta, neste caso já devemos saber qual a qualidade do solo onde plantaremos as sementes escolhidas.  Este é um fator determinante deste processo e quando falhamos nele é preciso recomeçar.

 O CULTIVO.

Não basta somente escolher e semear, precisamos cultivar aquilo que plantamos. Cuidar com amor e zelo das novas e frágeis formas que surgirão do solo. Cultivar é essencial aos que plantam e um bom cultivo é fundamental para a colheita. Se as etapas anteriores forem executadas corretamente, sem dúvida teremos frutos bonitos e doces para colher. Cultivar é regar, carpir as ervas daninhas, proteger do sol forte e das chuvas intensas, é amparar o que se plantou. Isto é o amor pela semente plantada.

 A COLHEITA.

Até mesmo na colheita devemos ter cuidado ao tocar os frutos, selecioná-los e conservá-los afim de que durem o quanto for possível e deixem suas sementes para novos plantios. Desta forma o que plantamos se multiplica e continuará a produzir frutos doces.

Parece complexo, mas a vida é assim mesmo, difícil de ser entendida, mas fácil de ser vivida, basta que se procure fazer boas escolhas sempre. O bem ou o mal, a escolha é nossa, a colheita também. Nunca esqueça disso. Se você gostou desta matéria, compartilhe-a, comente e aproveite para seguir nosso blog.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
...................................................................................................................................................

 Reflection | Behavior | Learning to Plant in Life.

 Life is not just harvest, but it is also cultivation and what we sow will determine what we will reap. Today our first subject will bring this theme that involves life, its fruits and what we harvest. I ask you to enjoy this reading slowly, to think fondly of what will be exposed here. Contrary to what we think, what we reap from life does not come from nothing, comes from the consequences of what we sow and depending on our choices we can have in our harvest good and sweet fruits or fruits quite bitter, it is only up to us to decide for the seeds correct. Below I will demonstrate some important aspects of this issue and the importance of choosing what we sow. Continue reading in More Information ....

  Maybe you do not think like that, that's fine, but it's as important to pick what we plant as or more important than to harvest, because in this choice we will determine the fruits that we will have. But why should we bother to plant if we have so much to harvest does not it? No! The best fruits come from the best choices and the best choices are the best seeds, but not only that, we must carry out all the process until the fruits arrive. Let's see what steps are important for this:

  THE CHOICE.

This is the first step of life to obtain good fruit. We need to choose the seeds well in order to know what their fruits will be. The quality in this step is not only in knowing what is planted, but mainly where it is planted. Dry soil does not produce, seed does not germinate, and if something grows in a soil like that, surely the tree will bear no fruit.

  THE PLANTIO.

Second stage of the goal, in this case we must know what soil quality we will plant the seeds chosen. This is a determining factor in this process and when we fail in it we must start over.

 THE CULTIVATION.

It is not enough just to choose and sow, we must cultivate what we sow. Caring for love and zeal for the new and fragile forms that will emerge from the ground. Cultivation is essential to those who plant and good cultivation is fundamental to the crop. If the previous steps are performed correctly, no doubt we will have beautiful fruits and sweet to harvest. To cultivate is to water, to weed the weeds, to protect from the strong sun and the intense rains, is to support what was planted. This is the love of the planted seed.

 THE HARVEST.

Even in the harvest we must be careful in touching the fruits, selecting them and keeping them in order that they last as long as possible and leave their seeds for new plantings. In this way what we plant multiplies and will continue to produce sweet fruits.

It seems complex, but life is the same, difficult to be understood, but easy to be lived, it is enough to try to make good choices always. Good or bad, the choice is ours, the harvest too. Never forget that. If you liked this article, share it, comment and enjoy to follow our blog.

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and the acquisition of his publications, visit THIS LINK
...................................................................................................................................................

 Reflexión | Comportamiento | Aprendiendo a Plantar en la vida.

 La vida no es sólo cosecha, pero también es cultivo y lo que plantamos determinará lo que vamos a cosechar. Hoy nuestra primera materia traerá este tema que envuelve la vida, sus frutos y lo que cosechamos. Yo te pido que aprecies esta lectura lenta, que piense con cariño en lo que será expuesto aquí. Al contrario de lo que pensamos, lo que cosechamos de la vida no surge de la nada, viene de las consecuencias de lo que nosotros sembramos y depender de nuestras elecciones podremos tener en nuestra cosecha frutos buenos y dulces o frutos bastante amargos, sólo depende de nosotros decidir por las semillas correcta. A continuación mostraré algunas importantes caras de esta cuestión y la importancia de escoger bien lo que sembramos. Seguir leyendo en Más información ....

  Tal vez usted no piense así, todo bien, pero tan o más importante que cosechar es elegir lo que plantamos, pues en esta elección determinaremos los frutos que tendremos. Pero ¿por qué debemos preocuparnos de plantar si tenemos tanto que cosechar no es así? ¡No! Los mejores frutos vienen de las mejores opciones y las mejores opciones son las mejores semillas, pero no es sólo eso, hay que cumplir todo el proceso hasta la llegada de los frutos. Veamos entonces qué pasos importantes para eso:

  LA ELECCIÓN.

Este es el primer paso de la vida para obtener buenos frutos. Necesitamos escoger bien las semillas para saber cuáles serán sus frutos. La calidad en esta etapa no está solamente en saber lo que se planta, pero principalmente donde se planta. El suelo seco no produce, la semilla no germina y si algo crece en un suelo así, ciertamente el árbol no dará frutos.

  EL PLANTIO.

Segunda etapa de la meta, en este caso ya debemos saber cuál es la calidad del suelo donde plantaremos las semillas elegidas. Este es un factor determinante de este proceso y cuando fallamos en él hay que recomenzar.

 EL CULTIVO.

No basta con escoger y sembrar, necesitamos cultivar lo que plantamos. Cuidar con amor y celo de las nuevas y frágiles formas que surgir del suelo. Cultivar es esencial para los que plantan y un buen cultivo es fundamental para la cosecha. Si los pasos anteriores se ejecutan correctamente, sin duda tendremos frutos bonitos y dulces para cosechar. Cultivar es regar, curar las malas hierbas, proteger del sol fuerte y de las lluvias intensas, es amparar lo que se ha plantado. Esto es el amor por la semilla plantada.

 La cosecha.

Incluso en la cosecha debemos tener cuidado al tocar los frutos, seleccionarlos y conservarlos para que dure lo que sea posible y dejen sus semillas a nuevos plantíos. De esta forma lo que plantamos se multiplica y continuará produciendo frutos dulces.

Parece complejo, pero la vida es así, difícil de ser entendida, pero fácil de ser vivida, basta que se busque hacer buenas elecciones siempre. El bien o el mal, la elección es nuestra, la cosecha también. Nunca olvide eso. Si te gustó esta materia, comparte, comente y aprovecha para seguir nuestro blog.

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Estamos no Twitter

publicidade