Comportamento | Filhos de Hoje | Educadores de Amanhã..

  Há tantas formas de perceber a vida e tantos meios de aprendermos a viver mais e melhor, mas nem sempre é o que acontece e ficamos perdidos sem saber como utilizar bem a vida que temos, dando a ela funções para as quais ela está habilitada. Viver não é somente ter nascido e  provar que está no mundo, mas mostrar porque está nele. Por que e para que nascemos? Apenas para nós mesmos?  O termo "Preparar para a vida" era muito usado por pais da geração passada quando se propunham a mostrar aos seus filhos aquilo que era certo e errado, evitando assim que se tornassem vítimas ou vitimassem alguém por consequência dos seus atos. Este modelo de educação está em desuso, pelo menos nos lares menos conservadores e incentivados pela mídia, os filhos são educados de forma cada vez mais liberal, mais solta, dando a eles uma liberdade perigosa . Saiba mais. Continue lendo... 


  A preparação para a vida deve acontecer enquanto ainda somos brotos, pequeninos e sedentos de aprender. Cada passo e cada ensinamento é de vital importância na formação do indivíduo e tudo será aproveitado de acordo com a exigência da situação.  Cada pai é um formador de indivíduos que formarão outros e assim forma-se uma extensa cadeia social. Logicamente que nesta preparação e na passagem das gerações, muitas mudanças ocorrem nos hábitos e nos costumes e isto tudo vai sendo introduzido nos mais novos. Os brotos vão sendo alimentados com as mudanças e aprendem o que lhes é ensinado pelos responsáveis. Mas o que ocorre quando diversas gerações já vinham aos poucos sendo "desajustadas".  O que ocorre são fatos que já vemos na nossa geração: Introdução de novos valores morais, novos princípios onde a ética pouco se apresenta, desrespeito á Cidadania, enfim tudo que vemos em nossos dias.

  É possível corrigirmos algumas coisas neste sentido?  Sim. Nós não podemos mudar as pessoas, mas podemos mudar a nós mesmos.  Nossas atitudes estão sob o nosso controle e podemos desta forma preparar aqueles que estão sob os nossos cuidados para que se tornem cidadão honrados e formadores de gerações futuras de princípios morais e éticos. A geração que aqui se encontra formada, infelizmente deverá decidir por si mesma quais os caminhos deverá escolher e quais os exemplos e ensinamentos deixarão para os seus filhos no futuro. É preciso zelar pelos comportamentos que temos, pois cada geração é influenciadora daquela que virá e assim sucessivamente.  Cada um de nós é responsável pela sociedade que temos.

   A preparação para a vida dá ao indivíduo o conhecimento de que ao longo do seu percurso ele poderá lidar com perdas importantes e que a morte faz parte do processo da vida como seu encerramento.  Aceitar ocorrências de mortes nos faz perceber que a nossa vida continua e devemos zelar por ela enquanto ainda temos. Por mais trágica que seja, a não aceitação de uma morte é como questionar a existência da vida, até pelo fato de que vida e morte estão intimamente ligadas. Estar vivo é uma oportunidade para a morte ou para a própria vida e aprender a viver é tornar o mais longo possível o seu período de vida.  A exposição aos riscos, que absolutamente não fazem parte da vida e sim da morte, aproxima o indivíduo do final do seu ciclo e evitar estes riscos corresponde ao afastamento da possibilidade de morrer.

  Esta foi a nossa matéria de hoje, sinceramente eu espero que você tenha gostado e se gostou, por favor comente, compartilhe, siga este blog. Nós disponibilizamos para vocês a nossa web rádio Roda Cultural Music e caso não consiga ouvir, clique na seta Play no canto superior esquerdo da página. Caso não ouça mesmo assim, deixe seu comentário ao final desta matéria. Seja bem vindo e obrigado por estar aqui. Abraços.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
.........................................................................................................................................................

  Behavior | Today's Children | Tomorrow's Educators .

  There are so many ways of perceiving life and so many ways of learning to live better and better, but it is not always what happens and we are lost without knowing how to use the life we ​​have, giving it functions for which it is enabled. To live is not only to have been born and to prove that you are in the world, but to show why you are in it. Why and for what are we born? Just for ourselves? The term "Prepare for life" was used by parents of the past generation when they set out to show their children what was right and wrong, thus preventing them from becoming victims or victimizing someone as a result of their actions. This model of education is obsolete, at least in the less conservative and encouraged by the media, the children are educated in an increasingly liberal, looser way, giving them a dangerous freedom. Know more. Keep reading...

  Preparation for life must happen while we are still sprouts, small and thirsty to learn. Each step and each teaching is of vital importance in the formation of the individual and everything will be used according to the exigency of the situation. Each parent is a formator of individuals who will form others and thus form an extensive social chain. Of course, in this preparation and in the passing of the generations, many changes occur in habits and customs and this is being introduced in the younger ones. Sprouts are fed by changes and learn what is taught to them by those responsible. But what happens when several generations have been little by little being "misfit". What is happening are facts that we already see in our generation: Introduction of new moral values, new principles where ethics shows little, disrespect for Citizenship, in short everything we see in our day.

  Is it possible to correct some things in this sense? Yes. We can not change people, but we can change ourselves. Our attitudes are under our control and we can thus prepare those in our care to become honorable citizens and trainers of future generations of moral and ethical principles. The generation that is formed here unfortunately will have to decide for itself which paths to choose and what examples and teachings they will leave for their children in the future. It is necessary to watch over the behaviors that we have, because each generation is influential of the one that will come and so on. Each of us is responsible for the society we have.

   The preparation for life gives the individual the knowledge that along his journey he can deal with major losses and that death is part of the life process as its closure. Accepting occurrences of death makes us realize that our life continues and we must watch over it while we still have it. As tragic as it may be, not accepting death is like questioning the existence of life, even by the fact that life and death are intimately linked. Being alive is an opportunity for death or for life itself and learning to live is to make your life span as long as possible. Exposure to risks, which are absolutely not part of life but of death, brings the individual closer to the end of his cycle and avoidance of these risks corresponds to the withdrawal from the possibility of dying.

  This was our story today, I sincerely hope you liked it and enjoyed it, please comment, share, follow this blog. We make available to you our web radio Roda Cultural Music and if you can not hear, click the Play arrow in the upper left corner of the page. If you do not listen anyway, leave your comment at the end of this article. Welcome and thank you for being here. Hugs.

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and the acquisition of his publications, visit THIS LINK
.........................................................................................................................................................

 Comportamiento | Hijos de hoy | Educadores de Mañana .

  Hay tantas formas de percibir la vida y tantos medios de aprender a vivir más y mejor, pero no siempre es lo que pasa y quedamos perdidos sin saber cómo utilizar bien la vida que tenemos, dando a ella funciones para las que está habilitada. Vivir no es sólo haber nacido y probar que está en el mundo, pero mostrar por qué está en él. ¿Por qué y para qué nacimos? Sólo para nosotros mismos? El término "Preparación para la vida" era muy usado por padres de la generación pasada cuando se proponían a mostrar a sus hijos lo que era correcto e incorrecto, evitando así que se convirtiera en víctimas o victimizas a alguien a consecuencia de sus actos. Este modelo de educación está en desuso, al menos en los hogares menos conservadores e incentivados por los medios, los hijos son educados de forma cada vez más liberal, más suelta, dándoles una libertad peligrosa. Sepa mas. Continuar leyendo ...

  La preparación para la vida debe suceder mientras todavía somos brotes, pequeñitos y sedientos de aprender. Cada paso y cada enseñanza es de vital importancia en la formación del individuo y todo será aprovechado de acuerdo con la exigencia de la situación. Cada padre es un formador de individuos que formarán otros y así se forma una extensa cadena social. Lógicamente que en esta preparación y en el paso de las generaciones, muchos cambios ocurren en los hábitos y en las costumbres y esto todo va siendo introducido en los más jóvenes. Los brotes se alimentan con los cambios y aprenden lo que les enseñan los responsables. Pero lo que ocurre cuando varias generaciones ya venían poco a poco siendo "desajustadas". Lo que ocurre son hechos que ya vemos en nuestra generación: Introducción de nuevos valores morales, nuevos principios donde la ética poco se presenta, irrespeto a la Ciudadanía, en fin todo lo que vemos en nuestros días.

  ¿Es posible corregir algunas cosas en este sentido? Sí. No podemos cambiar a la gente, pero podemos cambiar a nosotros mismos. Nuestras actitudes están bajo nuestro control y podemos de esta forma preparar a aquellos que están bajo nuestros cuidados para que se convierten en ciudadanos honrados y formadores de generaciones futuras de principios morales y éticos. La generación que aquí se encuentra formada, desafortunadamente deberá decidir por sí misma qué caminos debe escoger y cuáles los ejemplos y enseñanzas dejarán para sus hijos en el futuro. Es necesario velar por los comportamientos que tenemos, pues cada generación es influenciadora de la que vendrá y así sucesivamente. Cada uno de nosotros es responsable de la sociedad que tenemos.

   La preparación para la vida le da al individuo el conocimiento de que a lo largo de su recorrido podrá manejar pérdidas importantes y que la muerte forma parte del proceso de la vida como su cierre. Aceptar ocurrencias de muertes nos hace percibir que nuestra vida continúa y debemos velar por ella mientras todavía tenemos. Por más trágica que sea, la no aceptación de una muerte es como cuestionar la existencia de la vida, hasta por el hecho de que vida y muerte están íntimamente ligadas. Estar vivo es una oportunidad para la muerte o para la propia vida y aprender a vivir es hacer lo más largo posible su período de vida. La exposición a los riesgos, que absolutamente no forman parte de la vida y sí de la muerte, aproxima al individuo del final de su ciclo y evitar estos riesgos corresponde al alejamiento de la posibilidad de morir.

  Esta fue nuestra materia de hoy, sinceramente espero que te haya gustado y te gustó, por favor comente, comparta, siga este blog. Ofrecemos para ustedes nuestra web radio Roda Cultural Music y si no puede oír, haga clic en la flecha Play en la esquina superior izquierda de la página. En el caso de que no oiga, deje su comentario al final de esta materia. Bienvenido a esta página. Abrazos.

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Estamos no Twitter

publicidade