Breaking

Dicas | Segredinhos da Culinária

  É lógico que não sou nenhum Chef de Cuisine, sequer sou profissional de cozinha e como sempre faço, trago aqui a dicas que mamãe ensinou-me e ela sim, era exímia cozinheira, mesmo sem que fosse Chef. São dicas simples, muitas você já conhece e pratica em casa enquanto está cozinhando seus pratos. Hoje somente as dicas, nada de receitas, mas pequenos segredinhos que irão melhorar o sabor final daquilo que você prepara. Antes quero deixar um lembrete de que na Arte Culinária, os excessos são imperdoáveis, ou seja, fique atenta(o) nas quantidades dos ingredientes e no tempo de cozimento dos pratos. Um deslize e lá se foi aquela maravilhosa iguaria que você dedicou-se tanto a fazer. Vamos então ás dicas de hoje.

O PREPARO DO CUSCUZ.

No preparo do cuscuz existem dois segredinhos importantes que vão garantir a sua maciez e textura. Para garantir que o cuscuz fique sempre macio, acrescente á Farinha de milho três colheres de sopa de Farinha de Mandioca previamente peneirada e observe a quantidade de água acrescentada e vá molhando aos poucos. A massa deve estar solta e úmida, sempre manuseada com as mãos. Ao adicionar ao cuscuzeiro nunca aperte a massa, deixe-a cair sobre a grade perfurada e apenas modele-a levemente com a mão. Quer uma receita de Cuscuz, VEJA AQUI

O PREPARO DE OMELETES.

As omeletes também tem o seu segredinho básico e consiste também no acréscimo da Farinha de Mandioca peneirada. Lembre-se que o ponto de batimento das claras é o de neve, ou seja a massa deve estar densa e consistente. Um bom teste, muito usado por mim é erguer o espiral batedor e ver se a mistura das claras toma forma de uma rosa. Ai está o ponto. A farinha de mandioca quando acrescentada ajuda a dar textura e maciez na massa.

O PREPARO DE CARNES DURAS.

Nem toda carne que usamos é macia e estas mais duras exigem um pouco mais de cuidados para que adquiram um sabor atraente. O segredo é fazer com que as carnes "descansem" por um período juntamente com os temperos antes do seu cozimento. Este tempo varia de acordo com a dureza da carne, quanto mais dura for, maior o tempo de descanso junto com os temperos. Para garantir o sucesso deste segredinho, abra perfurações na carne para que os líquidos possam penetrar mais profundamente no corte.

O PREPARO DO ARROZ.

Muitas donas de casa usam preferencialmente o arroz parboilizado, aquele pré-cozido, com grãos maiores. Mesmo este tipo de arroz requer cuidados para que fique soltinho e o segredo está no tempo de cozimento. Outro segredo antigo é colocar algumas gotas de óleo de soja junto com a água que iremos cozinhar o arroz. Melhora o sabor e permite que ele fique soltinho, mas não esqueça; você deve escorrer o arroz para que seus grãos fiquem soltos. Um hábito comum entre as donas de casa é cozer o arroz e servi-lo sem escorrer. Um pecado! Um excesso é deixar que ele cozinhe demais. Nós sabemos que o amido é uma das propriedades do arroz e que ele libera uma espécie de "cola", sendo assim os grãos ficarão colados e não soltos, por isso o arroz deve ser escorrido antes de servir.   

Bem, por hoje é isso. Espero que tenham gostado, assim poderei trazer mais dicas e receitas aqui. Muito obrigado pela visita e se quiserem, deixem seus comentários, eles serão bem vindos.

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis.  

Saiba mais do autor NESTE LINK
......................................................................................................................................................

  Tips | Secrets of Brazilian Cuisine

 Of course I'm not a Chef de Cuisine, I'm even a kitchen professional and as I always do, I bring here the tips that Mom taught me and she was an excellent cook, even without being a Chef. They are simple tips, many you already know and practice at home while you are cooking your dishes. Today only the tips, no recipes, but little secrets that will improve the final taste of what you prepare. First let me remind you that in Culinary Art, excesses are unforgivable, that is, be aware of the quantities of ingredients and the cooking time of the dishes. One slip and there's that wonderful delicacy that you've done so much to do. Let's get down to today's tips.

THE PREPARATION OF CUSCUZ.

In the preparation of the couscous there are two important secrets that will guarantee its softness and texture. To ensure that the couscous is always tender, add three tablespoons of previously sifted Cassava flour to the Corn Flour, and note the amount of water added and then gradually soak. The dough should be loose and moist, always handled. When adding to the couscous never tighten the dough, drop it on the perforated grill and just lightly model it with your hand. Want a Couscous recipe, SEE HERE

THE PREPARATION OF OYSTERS.

The omelets also have their basic little secret and it also consists of the addition of sifted Cassava flour. Remember that the whipping point of the whites is that of snow, that is, the mass should be dense and consistent. A good test, much used by me is to lift the beating spiral and see if the mixture of the whites is shaped like a rose. There's the point. The cassava flour when added helps to give texture and softness in the mass.

THE PREPARATION OF HARD MEATS.

Not all the meat we use is soft and these harder ones require a little more care so that they acquire an attractive flavor. The key is to have the meats "rested" for a period along with the seasonings before they are cooked. This time varies according to the hardness of the meat, the harder it is, the longer the rest time along with the seasonings. To ensure the success of this little secret, drill holes in the meat so that liquids can penetrate deeper into the cut.

THE RICE PREPARATION.

Many housewives prefer parboiled, pre-cooked rice with larger grains. Even this type of rice requires care to be left unattended and the key is the cooking time. Another ancient secret is to put a few drops of soybean oil along with the water we will cook the rice. It improves the flavor and allows it to be solted, but do not forget; You should drip the rice so that its grains are loose. A common habit among housewives is to bake the rice and serve it without dripping. A sin! An excess is letting it cook too much. We know that the starch is one of the properties of rice and that it releases a kind of "glue", so the grains will stick and not loose, so the rice must be drained before serving.

Well, that's it for today. I hope you enjoyed it, so I can bring more tips and recipes here. Many thanks for the visit and if you want, leave your comments, they will be welcome.

Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. .................................................. 

 Consejos | Secretos de la Cocina Brasileña

 Por supuesto, no soy un chef de cocina, hasta yo soy una cocina profesional y como siempre lo hago, traigo aquí los consejos que mamá me enseñó y lo que hizo fue cocinero sobresale aun sin ser cocinero. Son sencillos consejos, muchos de ustedes ya saben y la práctica en el hogar mientras se cocina sus platos. Hoy en día sólo las puntas, no hay recetas, pero los pequeños secretos que mejoren el sabor final de lo que se prepara. Antes de que desee dejar un recordatorio de que en la cocina, los excesos son imperdonables, es decir, tener cuidado (o) las cantidades de los ingredientes y el tiempo de cocción de los platos. Un resbalón y allí estaba ese maravilloso manjar que se dedicó tanto a hacer. Vamos a ace consejos de hoy.

El PREPARE cuscús.

En la preparación del cuscús hay dos secretos importantes que asegurarán su suavidad y textura. Para asegurar que el cuscús es siempre suave, agregar la harina de maíz va a tres cucharadas de harina de yuca previamente tamizados y tenga en cuenta la cantidad de agua añadida e ir poco a poco riego. La masa debe ser suelta y húmeda, siempre manejado con las manos. Cuando se agrega al cuscús nunca se presione la masa, dejarla caer sobre la rejilla perforada y simplemente modelar ligeramente con la mano. ¿Quieres una receta para el cuscús, VER AQUÍ

Las tortillas de preparar.

Las tortillas también tiene su secreto básico y también consiste en la adición de harina de yuca tamizada. Recuerde que los blancos de punto de vencer es la nieve, o la masa debe ser espesa y consistente. Una buena prueba, ampliamente utilizado por mí es levantar el batidor en espiral y ver la mezcla de la luz toma la forma de una rosa. Ai es el punto. La harina de yuca cuando se añade ayuda para dar textura y suavidad en la masa.

La preparar carne duro.

Toda carne es suave y usamos estos requieren más dura un poco más de cuidado para adquirir un sabor atractivo. El secreto es hacer que la carne "reposo" por un período junto con las especias antes de cocinar. Este tiempo varía de acuerdo con la dureza de la carne, el más duro, más alta es la ruptura a lo largo con el condimento. Para asegurar el éxito de este secreto, perforaciones abiertas en la carne para que el líquido puede penetrar más profundamente en la corte.

PREPARACIÓN DE ARROZ.

Muchas amas de casa utilizan preferentemente sancochado del arroz, que precocidos, con granos más grandes. Incluso este tipo de arroz requiere cuidado para que sea suave y esponjosa y el secreto está en el tiempo de cocción. Otro antiguo secreto es poner algunas gotas de aceite de soja junto con el agua que va a cocinar el arroz. Mejora el sabor y permite que sea suave y esponjosa, pero no se olvide; deberá vaciar el arroz de manera que sus granos están sueltos. Un hábito común entre las amas de casa se cocina el arroz y servir sin oscilar. Un pecado! Un exceso es dejar que se cocine demasiado. Sabemos que el almidón de arroz es una de las propiedades que se libera una especie de "pegamento", por lo que los granos unidos y no suelta, por lo que el arroz debe drenarse antes de servir.

Pues bien, hoy lo es. Espero les haya gustado, por lo que puede traer más consejos y recetas aquí. Gracias por su visita y por favor, deje sus comentarios, son bienvenidos.

Escritor de texto y el autor, Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasiva de las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE
.................................................. .................................................. .................................................. 

Seguidores do Google

Matéria de Hoje

Relacionamentos | As Relações e as Redes Sociais.

   A relação poder ser um namoro, um noivado ou mesmo o casamento, mas a base que constitui qualquer relacionamento é a mesma. Relações ...

Outras Páginas do Autor

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.