Breaking

Pais e Filhos | Legião Urbana | Entenda a Letra.

  Há quem viva garantindo que vive sem pensar no futuro, o que é pouco provável, afinal o futuro não se trata de um dia, dois, um mês, um ano, mas de um milésimo de segundo, até menos que isso, de um tempo que está á nossa frente. O futuro é o tempo que virá, aquilo que há por vir e para quem imagina que ele não pode ser mudado, saiba que pode sim.  Tudo que fazemos agora, no tempo presente, pode influenciar positiva ou negativamente o futuro como se a ação atual fosse uma semente do que iremos colher futuramente. Em geral usa-se a palavra futuro em diversos termos sendo ele conhecido como o porvir, o amanhã, o que há de vir, enfim vai depender da conotação que se quer dar, mas o fato é que os três tempos; passado, presente e futuro estão interligados, fundidos entre si.

   Muito comum hoje nos depararmos com o seguinte pensamento: "Viver intensamente hoje porque o futuro é incerto". Seria ótimo se pudéssemos entender a conotação dos termos viver intensamente sem interpretá-lo de forma irresponsável e conveniente levando uma vida como se não houvesse amanhã. Viver intensamente neste caso é colocado como aproveitar bem as coisas boas, praticar ações positivas, buscar ser feliz e intenso nesta felicidade, mas de forma que isto não retorne em prejuízos futuros. Em um trecho da conhecida música  "Pais e Filhos", da banda Legião Urbana, interpretada e eternizada pelo cantor Renato Russo, assim está escrito: "É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã". Sim, precisamos amar mais as pessoas, nosso próximo, nosso semelhante e como reflete a letra, principalmente os nossos filhos. Precisamos amar agora!

   A letra desta canção descreve pais e filhos em uma relação familiar, vivendo momentos de dúvidas, incompreensão, incertezas. No trecho seguinte ela diz: "Porque se você parar para pensar, na verdade não há". É Certo que o amanhã concretamente não existe.  Nunca iremos alcançá-lo e a canção nos diz que devemos amar hoje, agora, com urgência sem que se espere o amanhã para fazê-lo. Assim devemos agir em toda nossa vida. Sem que se deixe para amanhã aquilo que podemos fazer agora. Seguramente sempre estaremos no hoje, que em todos os dias difere do ontem numa cronologia sem fim. Cito desta magnífica canção, apenas estes trechos importantes como forma de luz no entendimento das relações pais e filhos, mas é óbvio que ela traz mensagens bem mais profundas se observarmos atentamente. 

   Podemos influenciar o que virá sim, basta que comecemos a fazê-lo agora, de forma que ao observarmos o ontem, saibamos que foram nossas ações que possibilitaram ter um presente desejado. Somente nos filmes é possível que se apague memórias, na realidade é impossível porque não somos os únicos a estar presente nelas. Nossas memórias envolvem terceiros, pessoas que viveram e participaram das ações conosco e ainda que tivéssemos a nossa memória apagada, outros teriam as suas para relembrar.  Acredite, o futuro não é tão distante quanto parece, ele está a um passo de nós e aos poucos vai se construindo daquilo que estamos plantando no presente momento. 

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
.............................................................................................................

    
Parents and Children | Contact Us | Understand the Letter.

   There are those who live guaranteeing that they live without thinking about the future, which is unlikely, after all the future is not a day, two, a month, a year, but a thousandth of a second, even less, that of a time Which is before us. The future is the time that will come, what is to come and for those who imagine that it can not be changed, know that it can. Everything we do now, in the present tense, can positively or negatively influence the future as if the current action were a seed of what we will reap in the future. In general, the word future is used in several terms, and it is known as the future, the future, what is to come, finally it will depend on the connotation you want to give, but the fact is that the three times; Past, present and future are interconnected, merged with each other.

   Very common today we come across the following thought: "Live intensely today because the future is uncertain". It would be great if we could understand the connotation of the terms to live intensely without interpreting it in an irresponsible and convenient way leading a life as if there were no tomorrow. Living intensely in this case is put like taking good things well, practicing positive actions, seeking to be happy and intense in this happiness, but in a way that does not return in future damages. In an excerpt from the well-known song "Pais e Filhos" by the band Legião Urbana, interpreted and perpetuated by singer Renato Russo, it is written: "You have to love people as if there is no tomorrow." Yes, we need to love our people, our neighbors, our neighbors, and the letter, especially our children. We need to love now!

   The lyrics of this song describe parents and children in a family relationship, living moments of doubt, misunderstanding, uncertainties. In the following excerpt she says, "Because if you stop to think, there really is not." It is certain that tomorrow concretely does not exist. We will never reach him and the song tells us that we must love now, urgently, without waiting for tomorrow to do so. So we must act in our whole life. Without leaving for tomorrow what we can do now. Surely we will always be in today, which in every day differs from yesterday in an endless chronology. I quote from this magnificent song, only these important passages as a form of light in the understanding of parent and child relations, but it is obvious that it carries much deeper messages if we observe closely.

   We can influence what will come yes, we just have to do it now, so that by looking at yesterday, we know that it was our actions that made it possible to have a desired gift. Only in movies is it possible to erase memories, in fact it is impossible because we are not the only ones to be present in them. Our memories involve third parties, people who lived and participated in the actions with us and even if we had our memory erased, others would have theirs to remember. Believe me, the future is not as distant as it seems, it is one step away from us and slowly it is building from what we are planting at the present time.

Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. ..................................................

    Los padres y los niños | Legión Urbana | Entender la letra.

   Algunas personas viven garantizar que vive sin pensar en el futuro, lo cual es poco probable, después de todo, el futuro no se trata de un día, dos, un mes, un año, pero una milésima de segundo, incluso menor que la de un tiempo que está en frente de nosotros. El futuro es el tiempo en el futuro, lo que está por venir y para los que piensan que no se puede cambiar de todos modos se puede hacer. Todo lo que hacemos ahora, en este momento, puede influir positiva o negativamente en el futuro como si la acción actual era una semilla de lo que vamos a cosechar en el futuro. En el uso general de la palabra futuro en términos diferentes que se conoce como el futuro, mañana, lo que está por venir, por fin, dependerá de la connotación de que si se quiere, pero el hecho es que tres veces; pasado, presente y futuro se entrelazan, fusionados juntos.

   Muy común hoy en día para venir a través de la siguiente reflexión: "Vivir intensamente ahora porque el futuro es incierto." Sería muy bueno si pudiéramos entender la connotación de los términos viven intensamente sin interpretarlo de manera irresponsable y conveniente llevar una vida como si no hubiera mañana. Viviendo intensamente en este caso se coloca así disfrutar de las cosas buenas, la práctica de acciones positivas, tratar de ser feliz y esta felicidad intensa, pero de manera que no vuelva a pérdidas futuras. En un tramo de "Padres e Hijos" conocidas canciones, la banda de Legión Urbana, interpretado y inmortalizado por el cantante Renato Russo, está escrito: "Tienes que amar a las personas como si no hubiera un mañana." Sí, tenemos que amar a más personas, nuestro vecino, nuestro vecino y reflejar la carta, especialmente nuestros hijos. Necesitamos amar ahora!

   La letra de la canción describe padres e hijos en una relación familiar, en los momentos de duda, la incomprensión, la incertidumbre. En el siguiente pasaje, dice: "Porque si se piensa en ello, en realidad no lo es." Es justo que mañana allí específicamente. Nunca lo vamos a lograr y la canción nos dice que nos gusta hoy, ahora, con urgencia y sin que esperar a mañana para hacerlo. Así que hay que actuar en toda nuestra vida. Sin que se deje para mañana lo que podemos hacer ahora. Seguramente estará siempre en la actualidad, que cada día es diferente de ayer en la cronología sin fin. Cito esta magnífica canción, sólo estas partes importantes como una manera de encender la comprensión de los padres y las relaciones de los niños, pero es obvio que trae mensajes mucho más profundas, si se mira de cerca.

   Podemos influir en lo que va a venir, pero, sólo para empezar a hacerlo ahora, para que cuando nos fijamos en ayer, sabemos que nuestras acciones se les permitió tener un don deseado. En las películas es posible borrar los recuerdos, en realidad, no es posible porque no somos los únicos en estar presentes en ellos. Nuestros recuerdos de terceros para cumplir las personas que han vivido y participado en acciones con nosotros y aunque habíamos borrado de nuestra memoria, otros tendrían sus recordar. Créeme, el futuro no es tan lejano como parece, es un paso más cerca de nosotros y poco a poco va a construir lo que estamos sembrando en el momento actual.

Escritor de texto y el autor, Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasiva de las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE

Seguidores do Google

Matéria de Hoje

Relacionamentos | As Relações e as Redes Sociais.

   A relação poder ser um namoro, um noivado ou mesmo o casamento, mas a base que constitui qualquer relacionamento é a mesma. Relações ...

Outras Páginas do Autor

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.