Breaking

Depressão | A Prisão da Mente | Como Lidar com Ela.

  A mente humana é um complexo labirinto de pensamentos e principal centro motivador das vontades do homem. É, por assim o centro de comando de onde partem as ordens para a execução das ações. Com uma mente em funcionamento normal o indivíduo é capaz de elaborar planos, traçar metas e cumprir objetivos, mas quando sua mente não está bem, todos estes parâmetros ficam em segundo plano. Lidar com sentimentos não é fácil, tendo em vista que os sentimentos se dividem em ordens mentais para boas ou más ações, positivas ou negativas, sendo estas benéficas ou maléficas para o indivíduo. Quando estamos bem buscamos amparo em todo o conjunto de experiências que já tivemos, mas quando não estamos só enxergamos o prisma negativos dos acontecimentos. Submetidos a este conjunto de pensamentos negativos, nossa autoestima começa a sucumbir e não conseguimos encontrar meios de elevá-la.

  Em depressão, o primeiro sinal de perigo é o isolamento, onde trava-se uma luta entre o indivíduo e sua mente na tentativa de livrar-se do pessimismo.  Depressões são semelhantes á areia movediça; quanto mais se luta para vencê-la, mais conseguimos nos afundar nela. O cordão de pensamentos ruins é constante, ininterrupto e cada vez mais forte. É como se nadássemos contra uma fortíssima correnteza no final das nossas forças. Uma pessoa deprimida mergulha em sério risco de atentar contra a própria vida se chegar no grau mais profundo da sua dor. Descobrir que deseja vencer e não tem forças para lutar é algo terrível, algo como estar em meio ás chamas e não ter saída alguma para escapar.

  A recuperação para alguém deprimido é algo que pode ser simples ou não, dependendo da dimensão em que a pessoa se encontra. Saber lidar com alguém neste estado requer cuidado e precisão nas palavras, pois uma palavra colocada de maneira errada é semelhante a um medicamento mal administrado, pode matar ao invés de devolver a vida. Para mergulharmos na profundidade da depressão precisamos entender os seus estágios que vão desde uma depressão leve, possível de cura através do próprio indivíduo, uma depressão média que exige tratamentos específicos e até a depressão profunda, esta última extremamente perigosa.

  Entender o isolamento, ação comum entre os deprimidos, é fácil. Isolar-se é uma tentativa de fuga onde ele evita tocar nas suas feridas, a menos que seja para solucioná-las. Por esta razão pessoas em estado de depressão tornam-se caladas, pensativas e tendem a isolar-se, desta forma não falam involuntariamente sobre as questões que busca "esquecer".  A busca do esquecimento é outra ação que caracteriza o sintoma da depressão.  O indivíduo movido pela culpa da sua incompetência para a solução dos seus problemas, busca esquecê-los e evitar a tortura da lembrança constante que povoa sua mente.

  Fato comum é a aproximação de alguém que de boa fé, tenta resgatar o deprimido da sua condição, mas para que esta ação tenha sucesso é preciso atacar os problemas que originam o processo e assim conseguir restaurar a auto-confiança do indivíduo. Carinho, conforto, fé e esperança são essenciais neste período e podem amenizar os sintomas, mas são as ações concretas que operam milagres nestes casos. O primeiro pensamento de quem está deprimido é de que está sozinho e encontrar quem esteja do seu lado e lutando a seu favor é muito importante para o resgate da autoestima.
  

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
...........................................................................................................................................

   Depression | The Prison of Mind | How to Deal with It.


  The human mind is a complex maze of thoughts and the main motivating center of the wills of man. It is, thus, the command center from where the orders for the execution of the actions start. With a normal functioning mind the individual is able to draw up plans, set goals and accomplish goals, but when his mind is not well, all of these parameters are in the background. Dealing with feelings is not easy, since feelings are divided into mental orders for good or bad actions, positive or negative, being beneficial or harmful to the individual. When we are well we seek shelter in all the set of experiences that we have already, but when we are not only we see the negative prism of the events. Undergoing this set of negative thoughts, our self-esteem begins to succumb and we can not find ways to raise it.

  In depression, the first sign of danger is isolation, where there is a struggle between the individual and his mind in an attempt to get rid of pessimism. Depressions are like quicksand; The more we fight to overcome it, the more we can sink into it. The cord of bad thoughts is constant, uninterrupted, and ever stronger. It is as if we are swimming against a strong current at the end of our forces. A depressed person takes a serious risk of attacking one's life if one reaches the deepest level of one's pain. Finding out that you want to win and you do not have the strength to fight is something terrible, something like being in the midst of the flames and having no way out.

  Recovery for someone depressed is something that can be simple or not, depending on the size of the person. Knowing how to deal with someone in this state requires carefulness and precision in words, for a misplaced word is similar to a poorly administered medicine, it can kill rather than return to life. To delve into the depth of depression we need to understand its stages ranging from mild depression, possible healing through the individual, a middle depression that requires specific treatments and even deep depression, the latter extremely dangerous.

  Understanding isolation, common action among the depressed, is easy. Isolating yourself is an escape attempt where he avoids touching his wounds, unless it is to solve them. For this reason people in a state of depression become quiet, pensive and tend to isolate themselves, thus they do not speak unintentionally about the questions they seek to "forget." The quest for forgetfulness is another action that characterizes the symptom of depression. The individual moved by the guilt of his incompetence for the solution of his problems, seeks to forget them and to avoid the torture of the constant memory that populates his mind.

  A common fact is the approach of someone who in good faith tries to rescue the depressed from their condition, but for this action to succeed it is necessary to attack the problems that originate the process and thus restore the self-confidence of the individual. Caring, comfort, faith and hope are essential in this period and can ease the symptoms, but it is the concrete actions that work miracles in these cases. The first thought of those who are depressed is that they are alone and finding those on their side and struggling in their favor is very important for the rescue of self-esteem.
  
Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. .......................................

   La Depresión | Importaría prisión | Cómo tratar con él.

  La mente humana es un complejo laberinto de pensamientos y centro principal motivador de la voluntad del hombre. Es, por lo que el centro de mando desde donde las órdenes para la ejecución de las acciones. Con una mente durante el funcionamiento normal del individuo es capaz de desarrollar planes, fijar metas y lograr las metas, pero cuando su mente no está bien, todos estos parámetros están en el fondo. Tratar con los sentimientos no es fácil, dado que los sentimientos se dividen en órdenes mentales para las acciones buenas o malas, positivas o negativas, que son beneficiosos o perjudiciales para el individuo. Cuando estamos bien buscar refugio en el conjunto de las experiencias que hemos tenido nunca, pero cuando no estamos único negativo que vemos el prisma de los acontecimientos. Se somete a este conjunto de pensamientos negativos, nuestra autoestima comienza a hundirse y no pudimos encontrar maneras de aumentar la misma.

  En la depresión, la primera señal de peligro es el aislamiento, que encierran una pelea entre el individuo y su mente en un intento de deshacerse de pesimismo. Las depresiones son similares se arenas movedizas; cuanto más se lucha para superarla, más nos podemos hundir en ella. La cadena de malos pensamientos es constante, ininterrumpido y cada vez más fuerte. Es como nadássemos contra una corriente muy fuerte al final de nuestras fuerzas. Una persona deprimida se sumerge en grave riesgo de dañar sus vidas para alcanzar el nivel más profundo de su dolor. Averiguar lo que se quiere ganar y no tienen fuerza para luchar es algo terrible, algo así como estar en las llamas y no tener ninguna salida para escapar.

  Recuperación para alguien deprimido es algo que puede ser simple o no, dependiendo del grado en que la persona es. Tratar con alguien en este estado requiere cuidado y precisión en las palabras porque una palabra colocada en el camino equivocado es similar a un medicamento mal administrado puede matar en lugar de devolver la vida. Sumergirnos en las profundidades de la depresión necesidad de comprender las etapas que van desde una depresión leve, puede curar a través del individuo, una depresión media que requiere tratamientos específicos e incluso una profunda depresión, este último extremadamente peligroso.

  Comprender el aislamiento, la acción común entre los deprimidos, es fácil. Se aísla un intento de fuga en el que se evita tocar sus heridas, a menos que sea para resolverlos. Por esta razón, las personas con depresión se vuelven tranquilo, reflexivo y tienden a aislarse, por tanto, no hablar sin querer acerca de los problemas que pretende "olvidar". El olvido de la búsqueda es otra acción que caracteriza a los síntomas de la depresión. El individuo impulsado por culpa de su incompetencia para resolver sus problemas, tratando de olvidarse de ellos y evitar la tortura de recordatorio constante de que la gente de su mente.

  hecho común es el enfoque de una persona que de buena fe, trata de rescatar a los deprimidos de su condición, pero que esta acción tenga éxito necesitamos para hacer frente a los problemas que dan lugar al proceso y por lo tanto ser capaz de restaurar la confianza en sí mismo del individuo. El afecto, la comodidad, la fe y la esperanza son esenciales en este periodo y pueden aliviar los síntomas, pero son las acciones concretas que trabajan milagros en estos casos. El primer pensamiento de que está deprimido es que estás solo y averiguar quién está de su lado y la lucha en su favor es muy importante para la recuperación de la autoestima.
  
Escritor de texto y autor Tony Casanova. Todos los derechos reservados y garantizados por leyes nacionales y Protección Internacional de los Derechos de Propiedad Intelectual. La copia, el collage, la reproducción o divulgación de cualquier tipo, de todos o parte de ella, independientemente de los medios o extremos. La violación de estos derechos constituye un delito y es pasivo las sanciones legales aplicables.

Más información este autor ENLACE

Seguidores do Google

Matéria de Hoje

Projeto Roda Cultural | Como Você Pode Ajudar.

  O Projeto Roda Cultural, idealizado pelo escritor  brasileiro Tony Casanova no ano de 2010, tem como objetivo abordar e divulgar temas...

Outras Páginas do Autor

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.