Vida | O Poder do Perdão. | Como Encontrar a Paz.

  Falar em perdão nem sempre é um assunto fácil, mesmo porque em nossos dias o número de pessoas dispostas a perdoar é cada vez menor. Estamos sempre voltados aos nossos objetivos pessoais e quando alguém ou alguma coisa cruza este caminho, buscamos remover de forma inflexível. Nossos problemas, assim como os atritos sempre existirão e precisamos estar preparados para lidar com eles. Precisamos entender  que perdoar é o caminho mais curto para o alcance da paz. Como encontraremos a paz se não exercermos o perdão? Imaginemos tantas nações em guerra por questões políticas, pessoas morrendo em função destes interesses, bilhões são investidos no setor bélico, enquanto vidas são perdidas em outros setores como o de saúde pública, por exemplo. Mas por que não perdoamos? Por que conduzimos tudo á ferro e fogo, na base do dente-por-dente e olho-por-olho?
  O perdão não se resume apenas a uma ação cujos benefícios são para quem o recebe, mas principalmente para quem o concede. Perdoar é algo automaticamente balsâmico, com um poder de cura que alcança toda alma e transforma o ser humano através da reconstrução da aliança que é muito importância para unir os elos humanos. Ocorre que a nossa natureza está saturada de orgulho, de mágoas, de dores não curadas, interesses de vingança e ausência de paz. Este conjunto de sentimentos negativos influencia o ser humano e anula sua capacidade de perdoar, tirando-lhe a oportunidade de exercer um dos maiores frutos do amor de que temos conhecimento.
  Desde nosso nascimento que provamos situações que nem sempre nos agradam e mesmo ainda crianças, começamos a provar sensações adversas aos nossos interesses. Pequenos choques que aos poucos vamos aprendendo a repudiar com choros, birras, malcriações. Percebemos então que lidar com mágoas, insatisfações não é algo novo. Já na fase adulta nos tornamos mais senhores de si e passamos a defender nossos objetivos de maneira mais acirrada,  mais forte e isto nos condiciona  a perseguir estas metas combatendo quem quer que atravesse á nossa frente. Todo este processo produz choques e atritos que geram mágoas, decepções e outros sentimentos que juntos irão impedir o perdão.
  O perdão é o elemento mais importante das relações e tamanha é a sua importância que ele é vital para qualquer tipo de relacionamento, seja ele entre pais e filhos, marido e mulher, amigos, irmãos, parentes ou mesmo desconhecidos. Não há como obtermos o perdão se não o exercitamos, portanto ele é uma ação que deve ser recíproca sempre. Através do perdão reatamos o elo e retomamos a relação, adquirimos a paz e conquistamos a felicidade.

Texto do Escritor e Autor Tony Casanova. Todos os Direitos Reservados e garantidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Proteção aos Direitos de Propriedade Intelectual. Proibida a cópia, colagem, reprodução ou divulgação de qualquer natureza, do todo ou parte dele, independente dos meios ou fins. A violação destes Direitos constitui-se crime e está passiva das punições legais cabíveis. 

Saiba mais do autor NESTE LINK
........................................................................................................................

 Life | The Power of Forgiveness. | How to Find Peace.

 Speaking of forgiveness is not always an easy affair, even as in our day the number of people willing to forgive is getting smaller and smaller. We are always focused on our personal goals and when someone or something crosses this path, we seek to remove them inflexibly. Our problems as well as friction will always exist and we must be prepared to deal with them. We need to understand that forgiving is the shortest way to achieving peace. How will we find peace if we do not exercise forgiveness? Imagine so many nations at war for political reasons, people dying because of these interests, billions are invested in the war industry, while lives are lost in other sectors such as public health. But why do not we forgive? Why do we conduct everything to iron and fire, at the base of the tooth-for-tooth and eye-for-eye?
  Forgiveness is not just an action whose benefits are for those who receive it, but especially for those who grant it. Forgiveness is something automatically balsamic, with a healing power that reaches every soul and transforms the human being through the reconstruction of the alliance that is very important to unite the human links. It happens that our nature is saturated with pride, sorrows, unhealed pains, interests of revenge and absence of peace. This set of negative feelings influences the human being and nullifies his capacity to forgive, taking from him the opportunity to exercise one of the greatest fruits of the love of which we are aware.
  From birth we have tried situations that do not always please us and even children, we begin to prove adverse sensations to our interests. Little shocks that little by little we are learning to repudiate with tears, tantrums, malcriações. We realize then that dealing with hurt, dissatisfaction is not something new. Already in adulthood we become more masters of ourselves and we begin to defend our objectives in a more intense, stronger way and this conditions us to pursue these goals fighting whoever crosses in front of us. This whole process produces shocks and frictions that generate heartache, disappointments and other feelings that together will prevent forgiveness.
  Forgiveness is the most important element of relationships and so important is it vital for any kind of relationship, be it between parents and children, husband and wife, friends, siblings, relatives or even strangers. There is no way to obtain forgiveness if we do not exercise it, so it is an action that must be reciprocal always. Through forgiveness we reestablish the bond and resume the relationship, acquire peace and conquer happiness.

Writer Text and Author Tony Casanova. All Rights Reserved and guaranteed by the National and International Laws for the Protection of Intellectual Property Rights. No part of it may be copied, collated, reproduced or disseminated, regardless of its means or purpose. The violation of these Rights constitutes a crime and is passive of the applicable legal punishments.

Learn more about the author IN THIS LINK
.................................................. .................................................. ....................

 Vida | El poder del perdón. | Cómo encontrar la paz.

 Hablar en perdón no siempre es un asunto fácil, incluso porque en nuestros días el número de personas dispuestas a perdonar es cada vez menor. Estamos siempre orientados a nuestros objetivos personales y cuando alguien o algo cruza este camino, buscamos remover de forma inflexible. Nuestros problemas, así como los rastros siempre existirán y necesitamos estar preparados para lidiar con ellos. Necesitamos entender que perdonar es el camino más corto para el alcance de la paz. ¿Cómo encontraremos la paz si no ejercitamos el perdón? Imaginemos tantas naciones en guerra por cuestiones políticas, personas muriendo en función de estos intereses, miles de millones son invertidos en el sector bélico, mientras que vidas se pierden en otros sectores como el de salud pública, por ejemplo. Pero ¿por qué no perdonamos? ¿Por qué conducimos todo a hierro y fuego, en la base del diente-por-diente y ojo-por-ojo?
  El perdón no se limita sólo a una acción cuyos beneficios son para quien lo recibe, pero principalmente para quien lo concede. El perdón es algo automáticamente balsámico, con un poder curativo que alcanza toda alma y transforma al ser humano a través de la reconstrucción de la alianza que es muy importante para unir los eslabones humanos. La naturaleza está saturada de orgullo, de dolor, de dolores no curados, intereses de venganza y ausencia de paz. Este conjunto de sentimientos negativos influye en el ser humano y anula su capacidad de perdonar, quitándole la oportunidad de ejercer uno de los mayores frutos del amor que tenemos conocimiento.
  Desde nuestro nacimiento que probamos situaciones que no siempre nos agradan e incluso aún niños, comenzamos a probar sensaciones adversas a nuestros intereses. Pequeños choques que poco a poco vamos aprendiendo a repudiar con lloros, birras, malcriaciones. Entonces percibimos que tratar con dolor, insatisfacciones no es algo nuevo. Ya en la fase adulta nos volvemos más señores de sí y pasamos a defender nuestros objetivos de manera más fuerte, más fuerte y esto nos condiciona a perseguir estas metas combatiendo a quien quiere atravesar. Todo este proceso produce choques y fricciones que generan dolor, decepciones y otros sentimientos que juntos impedirán el perdón.
  El perdón es el elemento más importante de las relaciones y es su importancia que es vital para cualquier tipo de relación, ya sea entre padres e hijos, marido y mujer, amigos, hermanos, parientes o incluso desconocidos. No hay como obtener el perdón si no lo ejercitamos, por lo que es una acción que debe ser recíproca siempre. A través del perdón reatamos el eslabón y retomamos la relación, adquirimos la paz y conquistamos la felicidad.

Texto del Escritor y Autor Tony Casanova. Todos los Derechos Reservados y garantizados por las Leyes Nacionales e Internacionales de Protección a los Derechos de Propiedad Intelectual. Prohibida la copia, collage, reproducción o divulgación de cualquier naturaleza, del todo o parte de él, independientemente de los medios o fines. La violación de estos derechos se constituye en delito y está pasiva de las sanciones legales.

Más información del autor EN ESTE LINK

Postagens mais visitadas deste blog

Bigo Live | Como Conseguir Mais Beans. | Dicas.

Laura Mendes Aguiar Cerqueira | Atriz Brasileira | Minas Gerais

Crônica | Adorável Vida no Campo.