Ciência | É possível Rejuvenescer?

  Desde o surgimento da vaidade humana que o homem preocupa-se com o envelhecimento, consequentemente com a sua morte.  É como se existisse de fato a tal fórmula do "Rejuvesnecimento", mas será que de ela existe? Sem querer criar teses ou teorias, mesmo porque não sou cientista de coisa alguma, vamos raciocinar juntos e tentar entender as questões voltadas á velhice humana. Será que o ser humano tem realmente prazo de validade? Acreditem, em alguns lugares do planeta existem cientistas "queimando" os neurônios na tentativa de descobrir como deter o envelhecimento celular e preservar a juventude,
mas infelimente travar uma luta contra a ordem natural da vida não é fácil, sem dúvida alguma.
  Tudo que existe sobre a terra e possui vida está pré-determinado a nascer, crescer e morrer.  Destes períodos nascer é a juventude, a fase inicial da vida que começa a sua evolução já com o envelhecimento celular, ou seja, o amadurecimento humano. O corpo e todos os organismos pertencentes a ele vão cumprindo um processo natural de evolução. Esta é o ordem natural da vida, a sua dinâmica e todos os seres vivos estão submissos a ela.  Pretensiosamente o ser humano  resolveu contrariar estas regras naturais e tem feitos várias tentativas de deter o envelhecimento celular, obviamente sem obter o sucesso esperado, lógico.  Sem precisarmos ser cientistas podemos observar que quando alguém envelhece este processo se dá em todo o corpo, não apenas aqui ou ali, não somente nos órgãos externos, mas em todos eles porque é algo que ocorre da célula para fora e as células determiam a formação do corpo e todos os seus órgãos.
  Dividindo opiniões, alguns cientistas se proposeram a fazer experiências para  "clonar" primeiramente animais e acredita-se que posteriormente, seres humanos.  Eu, de forma absurdamente pretensiosa, confesso, fiquei imaginando estas clonagens em que resultariam. A ideia apresentada foi logicamente a mais humanitária possível e repleta de argumentos perfeitos que jutificariam tais ações de "copiar" animais e caso tudo desse certo, partir para a cópia dos humanos. Ninguém é leigo a ponto de não saber que uma cópia será sempre uma cópia, nunca um original e que ela nasce á partir de tudo que já havia na sua matriz, afinal é uma cópia. Mas se falarmos em mutação genética, alteração de DNA, ai a coisa muda de figura. Devo dizer aos meus leitores que não possuo subsídios técnicos para entrar no mérito desta questão, portanto nem vou me aprofundar, apenas me ater aos fatos já conhecidos por todos nós.
  Suponhamos que alguém fez algo perfeito que você admirou bastante, mas por alguma razão, gostaria de aperfeiçoar através de mudanças. Como quem fez aquilo tão perfeito não deu a fórmula para terceiros, você então resolveu fazer "gambiarras" e inventar o que já existia, claro, batizando o filho alheio com teu nome e de quebra, ganhando muito dinheiro e popularidade com isso. Se você conseguir o status da tua vida muda completamente!  Você então começa desesperadamente tentar, uma, duas, três, dez, vinta, trinta vezes e cada uma com o resultado do fracasso, mas você não desiste. Quer a qualquer custo ser o pai do filho de outro. Seu pretexto é curar doenças que hoje são incuráveis, dar melhor qualidade de vida ás pessoas, mas você nem quer saber de estudar as formas de combater as doenças existentes usando toda tecnologia que possui, seu negócio é como o DNA humano, você quer alterá-lo, quer dar a luz ao filho de outro e batizá-lo como seu.
  Minha amiga leitora, meu amigo leitor, todas as formas de vida do planeta terra, sem exceção alguma, estão sujeitas ao processo natural da ordem estabelecida de nascimento, crescimento, envelhecimento e morte. Não há como alterar isso, a menos que se consiga produzir zumbis em laboratórios e os batizem como seres humanos ou outro animal qualquer.  Infelzmente a vaidade humana é tão gigantesca que tem levado as pessoas a esta corrida maluca em busca do rejuvenescimento. Não se pode parar o tempo. Não se pode parar as células,  mesmo porque se conseguirmos parar as células, mataremos o corpo. São elas que produzem a dinâmica da vida e todos nós precisamos aceitar isso.
   Tentar alterar o curso natural da vida é algo digno de filmes de ficção científica. Tudo, absolutamente tudo que a ciência tem feito até hoje, mesmo com tanta tecnologia ás mãos é alterar o que naturalmente já havia. É como se o Brasil, descoberto em Abril de 1.500,  fosse hoje redescoberto e alguém dissesse que inventou um Brasil novo.  Infelizmente, com tantas doenças, tantos problemas sociais e a humanidade científica gasta muito dinheiro tentando inventar o que já existia e descobrir o que foi descoberto. Difícil é admitir que não foi preciso ferquentar as universidades mais caras do mundo para criar tudo que existe na biodiversidade terrestre e quem aquele que criou não precisou requerer patentes e conquistar status.  Fica o macabro consolo de que o ser humano para criar vida é péssimo, mas em contrapartida para destruir ele é bom e esforçado. A juventude, assim como todas as fases ás quais todas formas de vida do planeta são submetidas, são apenas isso; fases e devem ser curtidas, saboreadas ao extremo sem a preocupação enganosa de torná-las eternas.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
...................................................................................................................................

Cience | Is it possible to rejuvenate?

 From the appearance of human vanity man is concerned with aging, and consequently with his death. It is as if there is indeed such a formula of "Rejuvenation," but does it exist? Without wanting to create theses or theories, even though I am not a scientist of anything, let us reason together and try to understand the questions directed to human old age. Does the human being really have an expiration date? Believe, in some places on the planet there are scientists "burning" the neurons in an attempt to find out how to stop cell aging and preserve youth,

but infelimente fight a fight against the natural order of life is not easy, without doubt some.

  Everything that exists on earth and has life is predetermined to be born, to grow and to die. From these periods to be born is the youth, the initial phase of life that begins its evolution already with cellular aging, that is, human maturation. The body and all the organisms belonging to it are fulfilling a natural process of evolution. This is the natural order of life, its dynamics and all living beings are submissive to it. Pretentiously the human being has decided to counteract these natural rules and has made several attempts to stop cell aging, obviously without obtaining the expected, logical success. Without being a scientist we can observe that when one grows old this process occurs in the whole body, not only here or there, not only in the external organs, but in all of them because it is something that occurs from the cell outwards and the cells determine the formation of the body and all its organs.

  Dividing opinions, some scientists have proposed experimenting to "clone" primarily animals and are believed to subsequently humans. I, in an absurdly pretentious way, confess, I wondered what clones they would result in. The idea presented was logically as humane as possible and full of perfect arguments that would justify such actions of "copying" animals and if everything went right, go for the copy of humans. Nobody is a layman to the point of not knowing that a copy will always be a copy, never an original and that it is born from everything that was already in its matrix, after all it is a copy. But if we talk about genetic mutation, DNA change, then the thing changes its shape. I must tell my readers that I do not have the technical subsidies to go into the merits of this issue, so I will not go into the deep, just stick to the facts already known to all of us.

  Suppose someone did something perfect that you admired enough, but for some reason, would like to perfect through changes. As someone who did that perfect thing did not give the formula to third parties, you then decided to make "gambiarras" and to invent what already existed, of course, baptizing the other son with your name and of breaking, earning much money and popularity with that. If you achieve the status of your life, it changes completely! You then start desperately trying, one, two, three, ten, thirty, thirty times and each with the result of failure, but you do not give up. He wants at any cost to be the father of another's son. Its pretext is to cure diseases that are incurable today, to give people a better quality of life, but you do not even want to know how to fight against existing diseases using all the technology you have, your business is like human DNA, wants to give birth to the son of another and baptize him as his own.

  My friend reader, my friend reader, all life forms on planet earth, without exception, are subject to the natural process of the established order of birth, growth, aging and death. There is no way to change this unless you can produce zombies in laboratories and baptize them like humans or some other animal. Infamously human vanity is so gigantic that it has taken people to this crazy race in search of rejuvenation. You can not stop time. You can not stop the cells, even if we can stop the cells, we will kill the body. They are the ones who produce the dynamics of life and we all need to accept that.

   Trying to change the natural course of life is something worthy of science fiction movies. Everything, absolutely everything that science has done to date, even with so much technology at hand is to change what of course there was already. It is as if Brazil, discovered in April 1,500, was rediscovered today and someone said that it invented a new Brazil. Unfortunately, with so many diseases, so many social problems, and scientific humanity, it spends a lot of money trying to invent what already existed and find out what has been discovered. It is difficult to admit that the world's most expensive universities did not have to be created to create everything that exists in terrestrial biodiversity, and whoever created it did not have to apply for patents and gain status. It is the macabre consolation that the human being to create Life is lousy, but in return to destroy it is good and hardworking. Youth, as well as all the phases to which all life forms on the planet are subjected, are just that; phases and must be tanned, savored to the extreme without the misleading concern of making them eternal.

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and the acquisition of his publications, visit THIS LINK

..................................................................................................................

Ciencia y Tecnología | ¿Es posible rejuvenecer?

 Desde el surgimiento de la vanidad humana que el hombre se preocupa por el envejecimiento, consecuentemente con su muerte. Es como si existiera de hecho a tal fórmula del "rejuvenecimiento", pero ¿será que de ella existe? Sin querer crear tesis o teorías, incluso porque no soy científico de nada, vamos a razonar juntos e intentar entender las cuestiones dirigidas a la vejez humana. ¿El ser humano tiene realmente plazo de validez? Creen, en algunos lugares del planeta existen científicos "quemando" las neuronas en el intento de descubrir cómo detener el envejecimiento celular y preservar la juventud,

pero infelimente coger una lucha contra el orden natural de la vida no es fácil, sin duda alguna.

  Todo lo que existe sobre la tierra y tiene vida está predeterminado a nacer, crecer y morir. De estos períodos nacer es la juventud, la fase inicial de la vida que comienza su evolución ya con el envejecimiento celular, o sea, la maduración humana. El cuerpo y todos los organismos pertenecientes a él van cumpliendo un proceso natural de evolución. Este es el orden natural de la vida, su dinámica y todos los seres vivos están sumidos a ella. Pretensamente el ser humano resolvió contrarrestar estas reglas naturales y ha hecho varios intentos de detener el envejecimiento celular, obviamente sin obtener el éxito esperado, lógico. Sin necesidad de ser científicos podemos observar que cuando alguien envejece este proceso se da en todo el cuerpo, no sólo aquí o allá, no sólo en los órganos externos, sino en todos ellos porque es algo que ocurre de la célula hacia fuera y las células determinan la formación del cuerpo y de todos sus órganos.

  Dividiendo opiniones, algunos científicos se propusieron hacer experimentos para "clonar" primero animales y se cree que posteriormente, seres humanos. Yo, de forma absurdamente pretensiosa, confieso, me quedé imaginando estas clonaciones en que resultarían. La idea presentada fue lógicamente la más humanitaria posible y repleta de argumentos perfectos que juzgarían tales acciones de "copiar" animales y en todo caso, partir para la copia de los humanos. Nadie es laico hasta el punto de no saber que una copia será siempre una copia, nunca un original y que nace a partir de todo lo que ya había en su matriz, después de todo es una copia. Pero si hablamos de mutación genética, alteración de ADN, ahí la cosa cambia de figura. Debo decir a mis lectores que no tengo subsidios técnicos para entrar en el fondo de esta cuestión, por lo que no me voy a profundizar, sólo me atengo a los hechos ya conocidos por todos nosotros.

  Supongamos que alguien hizo algo perfecto que usted admiró bastante, pero por alguna razón, me gustaría perfeccionar a través de cambios. Como quien hizo aquello tan perfecto no dio la fórmula a terceros, usted entonces resolvió hacer "gambiarras" e inventar lo que ya existía, claro, bautizando al hijo ajeno con tu nombre y de quiebra, ganando mucho dinero y popularidad con eso. Si usted consigue el estado de su vida cambia completamente! Usted entonces comienza desesperadamente a intentar, una, dos, tres, diez, venta, treinta veces y cada una con el resultado del fracaso, pero usted no desiste. Si a cualquier costo es el padre del hijo de otro. Su pretexto es curar enfermedades que hoy son incurables, dar mejor calidad de vida a las personas, pero usted ni quiere saber de estudiar las formas de combatir las enfermedades existentes usando toda tecnología que posee, su negocio es como el ADN humano, lo quiere, quiere dar la luz al hijo de otro y bautizarlo como suyo.

  Mi amiga lector, mi amigo lector, todas las formas de vida del planeta tierra, sin excepción alguna, están sujetas al proceso natural del orden establecido de nacimiento, crecimiento, envejecimiento y muerte. No hay manera de cambiar esto a menos que se pueda producir zombis en laboratorios y bautizándolos como seres humanos u otro animal cualquiera. Infeliblemente la vanidad humana es tan gigantesca que ha llevado a la gente a esta carrera loca en busca del rejuvenecimiento. No se puede parar el tiempo. No se puede parar las células, incluso porque si conseguimos parar las células, mataremos el cuerpo. Son ellas las que producen la dinámica de la vida y todos nosotros necesitamos aceptarlo.

   Intentar cambiar el curso natural de la vida es algo digno de películas de ciencia ficción. Todo, absolutamente todo lo que la ciencia ha hecho hasta hoy, incluso con tanta tecnología a las manos es cambiar lo que naturalmente ya había. Es como si Brasil, descubierto en abril de 1.500, fuese hoy redescubierto y alguien dijese que inventó un nuevo Brasil. Desafortunadamente, con tantas enfermedades, tantos problemas sociales y la humanidad científica gasta mucho dinero tratando de inventar lo que ya existía y descubrir lo que fue descubierto. Difícil es admitir que no hubo necesidad de hacer hervir las universidades más caras del mundo para crear todo lo que existe en la biodiversidad terrestre y quien el que creó no necesitó solicitar patentes y conquistar status. Se queda el macabro consuelo de que el ser humano para crear la vida es pésimo, pero en contrapartida para destruir él es bueno y esforzado. La juventud, así como todas las fases a las cuales todas las formas de vida del planeta son sometidas, son sólo eso; fases y deben ser curtidas, saboreadas al extremo sin la preocupación engañosa de hacerlas eternas.

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Estamos no Twitter

publicidade