Homenagem | Parabéns Pelo Dia Internacional das Mulheres.

  Dia 08 de Março de 2018, seria mais um dia se esta não fosse a data reservada á comemoração do Dia Internacional da Mulher. Elas, com um vasto histórico de lutas e vitórias, hoje tem seu dia reconhecido internacionalmente e apesar de ser ainda muito distante do justo e merecido por elas, já se trata de um avanço. É um dia para comemorações, mas acima de tudo é também de reflexão para todos nós. Vem muito tardio o reconhecimento da importância do papel da mulher na sociedade e por mais homenagens que prestemos todas as homenagens possíveis, ainda assim não conseguiremos reparar os séculos de injustiça cometidos contra elas. Nesta matéria hoje o assunto é a mulher do Brasil e do mundo. As guerreiras inesquecíveis que habitam nossas vidas. Continue lendo...  
  Dia Internacional da Mulher soa como algo lindo, mas para aqueles que acham muito, na verdade politicamente falando é apenas mais uma data que encobre uma série de injustiças sociais que a mulher sofreu e ainda sofre. São situações que vão desde o preconceito, a discriminação nos ambientes domésticos, profissional e social até as injustiças no campo de trabalho, onde as remunerações maiores permanecem com os homens mesmo que elas desempenhem as mesmas funções.  Houveram algumas mudanças, mas muito ainda precisa ser feito para que elas tenham justiça ao papel que exercem.  Não se trata de um sorriso e um tapinha nas costas e esquecemos tudo. Isto é coisa de políticos!  Será preciso mais que um dia dedicado a elas, mas o reconhecimento de fato e a inclusão justa da mulher em todos os meios sociais.


  A mulher do século XXI não é mais aquela que ficava de lado das decisões importantes, que se calava diante das injustiças sofridas, hoje elas amadureceram, ganharam força e coragem para lutar por seus direitos e vencer. Estas mudanças nas mulheres modernas abriu os olhos de cobiça dos políticos e eles passaram a adotar uma postura diferenciada em relação a elas. Algumas ações foram feitas e a inclusão no mercado de trabalho se abriu, mas não de forma satisfatória.  Os direitos trabalhistas de algumas classes ainda precisam mudar, as remunerações de funções precisam se tornar compatíveis sem que haja discriminação de gênero. O respeito ás mulheres também precisa ser revisto. Elas precisam ser vistas não pela apresentação física, mas pela capacidade de produção que possuem.

  É óbvio que a grandeza das mulheres está além dos rótulos como "A Rainha do Lar" onde fica claro que na época em que foi criado este rótulo, pensava-se no papel doméstico feminino. A mulher moderna é mais, muito mais que rainha do lar.  Ela possui atribuições em qualquer área possuindo igual valor em competência profissional. Não reconhecer isso nos tempos atuais é tão grotesco quanto primitivo.  Elas são capazes sim e todos nós sabemos disso, embora nossas autoridades só as vejam com interesse político e mais ainda, qualquer benefício que for feito em prol das mulheres não será nenhum favor, mas uma reparação dos danos causados durantes séculos. Fica aqui os parabéns de Tony Casanova e do Projeto Roda Cultural á todas as mulheres do mundo e que as nossas autoridades abram de vez seus olhos e passem a ver as mulheres como de fato precisam ser vistas, não como votos, mas como força de produção e apoio. Parabéns queridas. Beijão e até a próxima.

A presente obra, bem como todos os textos contidos nesta web página encontram-se protegidos pelas Leis Nacionais e Internacionais de Direitos de Propriedade Intelectual, sendo proibidas as cópias, colagens, reprodução, divulgação ou uso dos conteúdos apresentados neste blog, independente dos meios ou finalidades, sem a autorização expressa do autor Tony Casanova, a quem cabe, única e exclusivamente os Direitos sobre o material apresentado. A violação destes Direitos se constitui crime previsto na Legislação e será punida com os rigores legais.

Para saber mais sobre Tony Casanova e aquisição de suas publicações, acesse ESTE LINK
.....................................................................................................................................................

 Tribute | Congratulations on International Women's Day.

  On March 8, 2018, it would be another day if this was not the date reserved for the celebration of International Women's Day. They, with a vast history of struggles and victories, today have their day recognized internationally and despite being still far from the fair and deserved by them, it is already a breakthrough. It is a day for celebrations, but above all it is also a reflection for all of us. The recognition of the importance of the role of women in society is coming very late and, as many tributes as possible, we will not be able to repair the centuries of injustice committed against them. In this matter today the subject is the woman of Brazil and the world. The unforgettable warriors that inhabit our lives. Keep reading...

  International Women's Day sounds like a beautiful thing, but to those who find much, actually politically speaking is just another date that masks a series of social injustices that women have suffered and still suffers. These are situations ranging from prejudice, discrimination in domestic, professional and social environments to injustices in the labor field, where the highest wages remain with men even if they perform the same functions. There have been some changes, but much more needs to be done so that they have justice to the role they play. This is not a smile and a pat on the back and we forget everything. This is politicians' thing! It will take more than a day dedicated to them, but the recognition of fact and the just inclusion of women in all social environments.

  The woman of the twenty-first century is no longer the one who stood aside from important decisions, who was silent in the face of injustices suffered, today they have matured, gained strength and courage to fight for their rights and win. These changes in modern women have opened the eyes of politicians' greed and they have taken a different stand on them. Some actions were taken and the inclusion in the labor market opened, but not in a satisfactory way. The labor rights of some classes still need to change, the remunera- tions of jobs need to be made compatible without gender discrimination. Respect for women also needs to be reviewed. They need to be seen not by the physical presentation, but by the production capacity they have.

  It is obvious that the greatness of women is beyond the labels like "The Queen of the Home" where it is clear that at the time when this label was created, the feminine domestic role was thought. The modern woman is more, much more than queen of the home. It has assignments in any area having equal value in professional competence. Not recognizing this in modern times is as grotesque as it is primitive. They are capable, yes, and we all know this, although our authorities only see them with political interest, and even more, any benefit that is made on behalf of women will be no favor, but a reparation of the damages caused for centuries. Here is the congratulations of Tony Casanova and the Cultural Wheel Project to all the women of the world and that our authorities open their eyes and see women as they really need to be seen, not as votes, but as a force of production and support. Congratulations dear ones. Kiss and see you next time.

The present work, as well as all the texts contained in this web page, are protected by the National and International Laws of Intellectual Property Rights, being prohibited copies, collages, reproduction, dissemination or use of the contents presented in this blog, regardless of media or without the express authorization of the author Tony Casanova, who is solely and exclusively responsible for the material presented. The violation of these Rights constitutes a crime provided for in the Legislation and will be punished with the legal rigors.

To know more about Tony Casanova and the acquisition of his publications, visit THIS LINK
.....................................................................................................................................................

  Homenaje | Enhorabuena por el Día Internacional de las Mujeres.

  El día 8 de marzo de 2018, sería otro día si esta no fuera la fecha reservada a la conmemoración del Día Internacional de la Mujer. Ellas, con un vasto historial de luchas y victorias, hoy tiene su día reconocido internacionalmente ya pesar de ser todavía muy lejano del justo y merecido por ellas, ya se trata de un avance. Es un día para conmemoraciones, pero sobre todo es también de reflexión para todos nosotros. Viene muy tardío el reconocimiento de la importancia del papel de la mujer en la sociedad y por más homenajes que prestemos todos los homenajes posibles, aún así no conseguiremos reparar los siglos de injusticia cometidos contra ellas. En esta materia hoy el asunto es la mujer de Brasil y del mundo. Las guerreras inolvidables que habitan nuestras vidas. Continuar leyendo ...

  El Día Internacional de la Mujer suena como algo hermoso, pero para aquellos que creen mucho, en realidad políticamente hablando es sólo una fecha que encubre una serie de injusticias sociales que la mujer sufrió y aún sufre. Son situaciones que van desde el prejuicio, la discriminación en los ambientes domésticos, profesional y social hasta las injusticias en el campo de trabajo, donde las remuneraciones mayores permanecen con los hombres aunque desempeñan las mismas funciones. Hubo algunos cambios, pero mucho aún hay que hacer para que ellos tengan justicia al papel que ejercen. No se trata de una sonrisa y una palmadita en la espalda y lo olvidamos todo. ¡Esto es cosa de políticos! Se necesitará más que un día dedicado a ellas, pero el reconocimiento de hecho y la inclusión justa de la mujer en todos los medios sociales.

  La mujer del siglo XXI no es más la que quedaba de lado de las decisiones importantes, que se callaba ante las injusticias sufridas, hoy maduran, ganaron fuerza y ​​coraje para luchar por sus derechos y vencer. Estos cambios en las mujeres modernas abrieron los ojos de codicia de los políticos y ellos pasaron a adoptar una postura diferenciada en relación a ellas. Algunas acciones fueron hechas y la inclusión en el mercado de trabajo se abrió, pero no de forma satisfactoria. Los derechos laborales de algunas clases todavía necesitan cambiar, las remuneraciones de funciones deben ser compatibles sin que haya discriminación de género. El respeto a las mujeres también necesita ser revisado. Ellas necesitan ser vistas no por la presentación física, sino por la capacidad de producción que poseen.

  Es obvio que la grandeza de las mujeres está más allá de los rótulos como "La Reina del Hogar" donde queda claro que en la época en que se creó este rótulo, se pensaba en el papel doméstico femenino. La mujer moderna es más, mucho más que reina del hogar. Se tiene atribuciones en cualquier área que tienen igual valor en competencia profesional. No reconocer eso en los tiempos actuales es tan grotesco cuanto primitivo. Ellas son capaces sí y todos lo sabemos, aunque nuestras autoridades sólo las vean con interés político y más aún, cualquier beneficio que se haga en favor de las mujeres no será ningún favor, sino una reparación de los daños causados ​​durante siglos. En el caso de Tony Casanova y del Proyecto Rueda Cultural a todas las mujeres del mundo y que nuestras autoridades abran de vez sus ojos y pasen a ver a las mujeres como de hecho necesitan ser vistas, no como votos, sino como fuerza de producción y apoyo. Enhorabuena querida. Besos y hasta la próxima.

La presente obra, así como todos los textos contenidos en esta página web, se encuentran protegidos por las Leyes Nacionales e Internacionales de Derechos de Propiedad Intelectual, siendo prohibidas las copias, collages, reproducción, divulgación o uso de los contenidos presentados en este blog, independiente de los medios o sin la autorización expresa del autor Tony Casanova, a quien corresponde, única y exclusivamente los Derechos sobre el material presentado. La violación de estos Derechos se constituye crimen previsto en la Legislación y será sancionada con los rigores legales.

Para saber más sobre Tony Casanova y la adquisición de sus publicaciones, visite ESTE LINK

Quem sou eu

Minha foto

Tony Casanova, brasileiro, natural de Salvador-BA, escreve desde 1976 e é fundador e administrador do Projeto Roda Cultural, instituição virtual de apoio ás Artes e Artistas em geral. Autor dos E-books "Panorama da Artes", "No Litoral das Relações" , "Relações Instáveis", "O Amor Fala Francês", "O amor segundo a Bíblia", este último inspirado em uma matéria sua publicada no blog Mesa Farta e que teve mais de 10.000 leitores. O escritor Tony Casanova escreve em vários estilos, tendo herdado suas técnicas a partir de leituras feitas a partir de grandes vultos da literatura brasileira, entre os quais estão Castro Alves, Rui Barbosa, Cora Coralina, Érico Veríssimo, Carlos Drummond de Andrade e outros. Gosta do estilo lírico e tem forte inclinação a esta técnica. O autor tem várias publicações em suas páginas da internet. Entre os gêneros literários que escreve estão a Crônica, Poesia, Poema, Ficção e Romance.

Estamos no Twitter

publicidade